Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Sósia foi convidado por Stevie Wonder para abrir show

Mr. Justin conta que foi de Stevie a ideia de que ele deveria surgir primeiro no palco, como se fosse o verdadeiro cantor

Julio Maria - O Estado de S. Paulo,

15 de dezembro de 2013 | 19h25

Nos primeiros minutos, foi um susto. Enquanto ainda soava o som do Palco Brasil, onde o rapper Criolo se apresentava no festival Circuito Banco do Brasil, subiu ao palco principal um Stevie Wonder que não batia exatamente com o original, talvez mais baixo, talvez mais novo. A banda fazia uma base de introdução enquanto o sósia mandava beijos para a plateia. Até que surgiu o verdadeiro Stevie Wonder.

O Stevie cover se apresenta como "Mr Justin". Seu nome verdadeiro é Valter Justino Silva e ele mora em Campinas. Justin diz que, em 1995, foi convidado pela produção do cantor para assistir ao show de Stevie no Brasil. "Foi um momento sem igual, senti a emoção que meus pais tiveram em 1971", diz ele. "Neste encontro, Stevie ficou sabendo que eu também, assim como meu pai, me tornei um compositor. A partir deste dia, sempre estamos em contato. Eu queria entregar uma canção para ele", diz.

Justin conta que teve mais dois encontros com Stevie, nos bastidores dos shows que ele fez no Rock in Rio de 2011 e em dezembro de 2012, no Rio de Janeiro. Quando soube que Stevie voltaria ao Brasil, Justin decidiu mostrar-lhe uma canção. Em 2011, ele estava no camarim para mais um encontro quando os seguranças começaram a conduzi-lo ao palco. "Até eles pensaram que eu era o verdadeiro." Ele chegou ao palco, saudou a plateia e se retirou.

Desta vez, foi de novo em busca de Stevie. "Marcamos o encontro no Hotel Tivoli Mofarrej. Mas tive uma grande surpresa quando ele me convidou para abrir o show da forma como foi feita." Segundo Justin, a ideia de abrir o show como se ele mesmo fosse Stevie foi do próprio cantor. "Ele pediu para que eu entrasse imitando seus gestos para emocionar a plateia. Em seguida, ele mesmo apareceria."

Sua ligação com o ídolo é de infância, quando conheceu seus discos por meio do pai, Vitor Luzia Silva, morto em 1977. "Meus pais foram a um show de Stevie em 1970, na TV Record. Meu pai não iria acreditar se estivesse aqui para ver isso."

Tudo o que sabemos sobre:
Stevie Wondershowsósia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.