Reprodução
Reprodução

Sony se desculpa por figurino de grupo pop japonês ser similar a uniformes nazistas

O J-pop usou as roupas para show especial de Halloween

EFE

02 de novembro de 2016 | 10h11

A Sony Music Japão pediu desculpas pela semelhança do figurino do  grupo feminino J-Pop com uniformes nazistas. Grupo usou as roupas para um show especial de Halloween e recebeu inúmeras críticas, tanto do Japão como de outros países, confirmou um porta-voz da produtora.

Os integrantes de outro grupo, o Keyakizaka46, em uma apresentação há alguns dias em Yokohama Arena (sul de Tokio), apareceram com capas pretas, estilo militar e bonés com insígnias que lembravam a águia imperial, emblema da Alemanha nazista.

 

Estas fantasias também foram usadas pelos integrantes da banda em fotos promocionais e divulgadas nas redes sociales, o que provovou uma onda de críticas e internautas japoneses, americanos, alemães, sendo que alguns comentários foram diretamente para a Sony. 

No comunicado, a Sony escreve: "Pedimos sinceras desculpas por causar mal-estar devido a elementos que evocaran esse tipo de imagens, causada pela falta de conhecimento".

Mesmo assim, o guru e criador do grupo J-pop Yasushi Akimoto disse em seu site oficial que os responsáveis pela imagem do grupo "não tinham a intenção de criar algo que pudesse evocar a nazismo", e admitiu que como produtor falhou no seu dever de

monitor.

 

Mais conteúdo sobre:
SonyMúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.