Sony entra na guerra e lança o walman bean

Num momento em que o mercado download de músicas pela internet é cada vez mais competitivo, a Sony do Japão, inventora do walkman, se arma com estilo, criando um aparelho parecido com um grão de feijão: o novo digital, apelidado de "Walkman Bean", será lançado em outubro, de olho no fenomenal sucesso da Apple, o popular iPod. O design pop tem o intuito de atingir jovens e mulheres, de acordo com a gerente de comunicação e marketing da Sony, Saori Takahashi. "Os principais usuários (de aparelhos para armazenamento de música digital) são homens na faixa dos 20 anos ou mais que se interessam por novas tecnologias (os chamados gadgets), mas a demanda hoje está alcançando os mais jovens e mulheres", explica. A Apple abriu sua loja de download online "iTunes Music Store" em 4 de agosto no Japão, o segundo maior mercado musical mundial depois dos Estados Unidos. A loja teve um início impressionante, atingindo um milhão de downloads em apenas quatro dias, ritmo mais rápido conseguido nos países onde o serviço está disponível. O download de músicas está apenas começando a se popularizar no Japão, onde as lojas de aluguel de CDs - desconhecidas nos Estados Unidos - possibilitam aos consumidores copiarem músicas para uso não-comercial e pessoal. A chegada do iTunes parece ter estimulado um mercado a mais para a comercialização de músicas. Outro serviço de download, o Mora, em sociedade com a Sony, mostra que os downloads cresceram de 450 mil para 500 mil músicas vendidas de julho para agosto deste ano. Enquanto o iPod conquista o mundo, a Sony aproveitou o último ano, quando comemorava os 25 anos do Walkman - que em seu tempo revolucionou o mercado de músicas - para anunciar o lançamento de seus próprios aparelhos portáteis de música digital. O "walkman de rede" (Network Walkman) NW-HD1, seguindo a linha de 1.100 modelos de walkman, fez sua estréia em julho de 2004 no Japão, e foi seguido pelo lançamento em abril de 2005 do "walkman stick", que armazena as músicas em sua memória, para duelar com o iPod Shuffle. O Stick, com design que lembra um frasco de perfume fino e ostentando 50 horas de música em uma única carga, ajudou a elevar a Sony na participação no Mercado. A Apple teve cerca de 35% de participação no mercado japonês de aparelhos portáteis de música em julho, uma queda com relação ao ano anterior, quanto mantinha 45,1% de participação, de acordo com a BCN, empresa com sede em Tóquio que conduziu uma pesquisa industrial e tecnológica sobre o mercado. A Sony é a segunda colocada, com participação de 19,5%, crescendo muito com relação ao ano anterior, quando tinha participação de 7,7% do mercado. O walkman Bean, previsto para ser lançado em 26 de outubro no Japão e pouco tempo depois em todo o mundo, utiliza tecnologia USB para se conectar com um computador sem necessidade de cabos. A Sony prevê que o preço de varejo alcance os 20.000 yens para o modelo de 1 Gigabyte, cerca de 30% mais caro que o iPod Shuffle.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.