YB Music
YB Music
Imagem Roberta Martinelli
Colunista
Roberta Martinelli
Som a pino
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Som a Pino: ‘Faz de conta que ainda é cedo...’

São tantos os artistas com carreira “adulta”, que gravaram projetos para crianças que resolvi fazer um apanhado: o mais óbvio da minha infância é Chico Buarque, com 'Os Saltimbancos', e tem ainda a Turma do Balão Mágico

Roberta Martinelli, O Estado de S. Paulo

16 de julho de 2019 | 02h00

Julho é mês de férias e os pais ficam inventando mil programas para os filhos. Confesso que sempre tive essa questão e compartilho nessa coluna com vocês: Criança deve escutar música feita para criança? Ou devemos mostrar as músicas de que gostamos para elas? Das músicas da sua infância quais as marcantes? Eram infantis? Ou eram canções que marcaram e formaram seu gosto musical? A que eu mais lembro é Um Dia de Domingo, de Michael Sullivan e Paulo Massadas, interpretada por Gal Costa e Tim Maia, eu era Gal e meu pai era o Tim. 

E se misturar os dois? São tantos os artistas com carreira “adulta”, que gravaram projetos para crianças que neste mês resolvi fazer um apanhado deles, aqui. O mais óbvio da minha infância e mestre absoluto é Chico Buarque, que marcou e marca ainda gerações com Os Saltimbancos, uma peça de teatro infantil inspirada em um conto dos irmãos Grimm, que ganhou músicas na versão original de Sérgio Bardotti e Bacalov e a versão em português com versões e canções extras de Chico. 

Da minha infância também lembro muito da Turma do Balão Mágico, um dos grandes vendedores de discos nos anos 80. A maioria das composições e as muitas versões são de autoria de Edgar Poças (músico e pai da cantora Céu e do produtor e cantor Diogo Poças).

Depois veio o Palavra Cantada (de Paulo Tatit e Sandra Perez) e virou projeto onipresente na infância de tanta gente. Chegou também o Pequeno Cidadão, que juntou artistas e seus filhos e filhos de amigos. O projeto foi idealizado por Taciana Barros, Edgar Scandurra, Antonio Pinto e Arnaldo Antunes – os filhos pequenos foram crescendo e hoje já tem uma turma de adolescentes também.

Fernanda Takai e seu Pato Fu criaram o Música de Brinquedo, em 2010, com hits da música brasileira gravados com instrumentos de brinquedo. Genial, né? E que show maravilhoso! Zeca Baleiro, também lançou dois volumes do disco Zureta

E alguns lançamentos mais recentes estão chegando, como Iara Rennó, cantora e compositora que lançou no ano passado o disco Iaiá e os Erês com composições dela em parceria com algumas crianças. Já ouviu?

Tem também a banda Fera Neném formada por Gustavo Cabelo e Pedro Gongom, da banda Trupe Chá de Boldo, Lia Biserra e Peri Pane, que tocam o estilo que eles chamam de baby rock e outra das mais recentes é a banda Coisinha, formada pelo cantor China, a banda Mombojó e a cantora Lula Lira. E tem música brasileira “para adultos” até dizer chega para apresentar aos pequenos.

Qual a música preferida do seu pequeno cidadão? Cuidar e educar crianças é cuidar do nosso país, que está precisando e muito do nosso cuidado. 

MÚSICA DA SEMANA

A Casa Caiu

A cantora e compositora Karina Buhr se prepara para lançar o tão aguardado quarto disco da carreira, que leva o nome de Desmanche (qualquer semelhança com a realidade é a realidade que está difícil demais). O disco está previsto para dia 26 de julho. Já temos essa música disponível para audição em todas as plataformas. Arte e luta! 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.