Usuário mostra a versão mobile do SoundCloud. Foto. Jake Naughton/The New York Times
Usuário mostra a versão mobile do SoundCloud. Foto. Jake Naughton/The New York Times

Sociedade britânica de compositores processa SoundCloud por diretos autorais

Serviço de música se recusou a aceitar um acordo de licenciamento

REUTERS

28 Agosto 2015 | 16h15

A PRS for Music, maior cooperativa de direitos autorais de música na Grã-Bretanha, processou o SoundCloud por infringir direitos autorais, dizendo que a empresa de transmissão de áudio online não concordou com o acordo de licença, informou o jornal Financial Times.

O jornal disse que a PRS for Music, que representa cerca de 100 mil compositores e editores musicais, afirmou que "não teve outra alternativa" a não ser processar o SoundCloud por infração de direitos autorais, uma vez que o serviço de música se recusou a aceitar um acordo de licenciamento.

"Após cinco anos de negociações mal sucedidas, nós agora nos encontramos em uma situação em que não temos alternativa a não ser iniciar procedimentos legais contra o serviço de música online SoundCloud", escreveu a sociedade em uma carta para seus membros, de acordo com o jornal.

O SoundCloud disse que a ação da PRS era lamentável, mas não quis fazer mais comentários sobre como se defenderia da ação legal. A PRS for Music não foi encontrada imediatamente para comentar o assunto.

(Por Rama Venkat Raman)

Mais conteúdo sobre:
SoundCloudMúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.