Snoop Dogg se responsabiliza por desordem em aeroporto

O rapper Snoop Dogg, que viajou até Londres para ser interrogado pela polícia, se responsabilizou hoje por haver pronunciado "palavras de comportamento ameaçador" no aeroporto de Heathrow, em Londres, na semana passada. Dogg aceitou a advertência da Quarta Seção da Lei de Ordem Pública, que trata sobre o uso de palavras ameaçadoras, de acordo com a polícia. Não foram adotadas novas medidas.O cantor, cujo verdadeiro nome é Calvin Broadus, e mais cinco homens foram presos depois de causarem desordem no aeroporto e tiveram que passar a noite na cadeia. A confusão teria começado porque membros do grupo de Dogg se recusaram a entrar na sala vip de embarque da British Airways. O rapper e o grupo viajariam para Johannesburg, na África do Sul, onde tinham uma apresentação agendada. Depois de passarem a noite na prisão, a polícia os liberou - todos eles com idade na faixa dos 30 anos - mas pediu que voltassem depois que as investigações já estivessem em andamento. Um porta-voz da British Airways disse que Dogg foi proibido de viajar novamente pela companhia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.