Snoop Dogg é preso por porte ilegal de arma e drogas

O rapper americano Snoop Dogg foi preso sob a acusação de porte ilegal de arma e drogas, que foram encontradas nos estúdios da rede de televisão NBC depois que o cantor cenas da série The Tonight Show with Jay Leno, informou a polícia. De acordo com o advogado de Snoop Dog, Donald Etra, ele foi solto na madrugada desta quarta-feira após pagar fiança de US$ 60 mil. Snoop Doog, cujo verdadeiro nome é Calvin Broadus, foi preso junto com dois integrantes de sua banda, Michael Mingo e Lovell Polk depois que a polícia revistou sua casa e seu carro, segundo comunicou o sargento Kevin Grandalsk. O rapper é acusado de porte ilegal de cocaína, transporte de maconha e de manter em seu veículo um falso compartimento, de acordo com o sargento. "A meta nesta noite era tirá-lo da cadeia. A meta amanhã é descobrir uma maneira de lidar com o caso", afirmou o advogado de Dog, Donald Etra, acrescentando que seu cliente deve comparecer aos tribunais em 11 de janeiro de 2007. Histórico Snoop Dogg foi preso em outubro no aeroporto Bob Hope, na Califórnia por portar uma arma e maconha. Em abril, o rapper foi preso no aeroporto de Heathrow, em Londres, depois de se envolver em uma briga na sala de embarque da Britsh Airways. O rapper foi condenado em 1990 por posse de cocaína e acusado de posse ilegal de armas em 1993. Ele alegou culpa em troca de três anos de liberdade condicional e uma promessa de fazer anúncios públicos contra a violência. Ele também já foi absolvido de uma acusação de assassinato em 1996 pela morte de um membro de uma gangue que foi morto a tiros que partiram de um veículo no qual estava Snoop Dogg.

Agencia Estado,

29 Novembro 2006 | 16h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.