Slash, do Guns N' Roses, venderá carro e guitarras em leilão

Quem quer se vestir com roupas do Slash, tocar seus violões e dirigir seu Corvette Stingray original?

DEAN GOODMAN, REUTERS

15 de fevereiro de 2011 | 08h36

O ex-guitarrista do Guns N' Roses se uniu à casa de leilões de Beverly Hills para vender uma série de objetos pessoais aos fãs e colecionadores no mês que vem.

Compradores com paixão por caveiras e dinossauros estão com sorte, além daqueles cujas salas de estar brilhariam com móveis exóticos do Sudeste Asiático.

Grande parte do valor a ser arrecadado no leilão, no dia 26 de março, irá para entidades beneficentes, segundo a casa de leilões Julien's Auctions, especializada em vender souvenires do mundo do entretenimento.

O organizador Darren Julien disse esperar que a maioria dos itens seja vendido para o exterior, particularmente ao Japão e a outros mercados asiáticos, onde o Guns N' Roses ainda é venerado.

Um dos perigos de ser um astro de rock de sucesso por mais de 20 anos é que o dinheiro compra muita tranqueira.

"Eu tenho um mau hábito de colecionar coisas que não uso necessariamente", disse Slash à Reuters, ligando de um ônibus de sua turnê pelo Oklahoma.

Mas mudar de casa ofereceu ao roqueiro, de 45 anos, e sua mulher, Perla, a desculpa perfeita para abrir os armários do depósito aos fãs e encher os cofres de uma entidade beneficente local, voltada para adolescentes vítimas de abuso e sem-teto.

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICASLASHLEILAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.