Skowa reativa seu grêmio 10 anos depois

Depois de dez anos sem se apresentar, o Grêmio Recreativo Amigos do Samba Rock Funk & Soul volta a tocar hoje, em temporada de dois meses no Espaço Urbano. De olho no sucesso da black music, o DJ Dom KB procurou o músico Marco Antônio dos Santos, o Skowa, para trazer de volta o Grêmio, conjunto musical fundado em 1991. "O Dom KB pensou em lançar uma nova banda, mas preferi investir em um projeto meu que já existia e só estava esquecido", conta Skowa.Com o slogan "Velhos demais para o hardcor e jovens demais para a bocha", Skowa e os outros dez integrantes do Grêmio prometem colocar todo mundo para suingar com um repertório que vai de Djavan a Tim Maia, passando por Luís Melodia e Jorge Benjor. "Tem também algumas músicas minhas da década de 80, quando tocava na Máfia", diz o músico, que fundou, na mesma época, a Sossega Leão, primeira banda de salsa do Brasil. "Não existem músicas próprias do Grêmio, já que nunca tivemos a intenção de fazer carreira profissional".Eram 14 amigos e uma vontade de compartilhar afinidades musicais. Ao lado de Jorge Benjor, no palco do Sesc Pompéia, o Grêmio fez sua estréia em 1991 sem qualquer pretensão. O sucesso foi tão grande, que convites para gravar começaram a aparecer. Já em 1991, Benjor convocou o grupo para participar de duas faixas do Disco 23. "Uma delas, Engenho de Dentro, foi a mais tocada do ano e a outra, Princesa, foi tema de uma novela da época", lembra Skowa.Serviço - Shows às sextas, a partir das 23h, no Espaço Urbano. Rua Cardeal Arcoverde, 614. Tel: 3085-1001. Mulheres R$ 10. Homens R$ 20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.