Site traz dados sobre instrumentos de percussão

A Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro da Escola do Futuro da USP lançou ontem o projeto Percussões do Brasil (www.bibvirt.futuro.usp.br) na Internet com sons e informações sobre instrumentos de percussão usados no Brasil. Desenvolvido para diminuir a carência de material de estudo sobre a música brasileira, a intenção da Biblioteca Virtual é gerar curiosidade sobre as origens dos instrumentos de percussão, como são feitos e quais são suas funções ao se integrarem a outros instrumentos. A página foi inspirada na obra The Essence of Brazilian Percussion & Drum Set, de Ed Uribe. No livro, o autor mescla dados históricos com exercícios técnicos de cada instrumento traçando um breve panorama da percussão e dos ritmos do Brasil. No site, o internauta encontra arquivos em áudio, no formato MP3, com som de diversos instrumentos típicos como afoxé, atabaque, berimbau, caxixi, repinique, zabumba, entre outros. Além disso, estão disponíveis pequenos textos explicativos, imagens dos instrumentos e algumas partituras. Detalhes e curiosidades a respeito da utilização dos instrumentos e de como surgiram na música brasileira não foram levados em conta na montagem do projeto. Dentre os instrumentos apresentados estão alguns de origem africana, como o berimbau e o afoxé e outros criados no Brasil, como o surdo, inventado por Bide, sambista carioca que trabalhava como sapateiro e criou o instrumento para fazer a marcação do samba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.