Sinfônica Jovem comemora seus dez anos

Para celebrar 10 anos de vida, a Banda Sinfônica Jovem abre sua temporada 2003 neste domingo com o primeiro de uma série de concertos comemorativos. O evento fará parte da programação dos Concertos Matinais da Sala São Paulo. Para começar as comemorações, a Banda Sinfônica Jovem selecionou um repertório que inclui obras de Carlos Gomes, Villa-Lobos, Camargo Guarnieri e outros. Outras novidades vão marcar o décimo aniversário da Banda Sinfônica Jovem. A mais chamativa é o lançamento de um CD com a ópera rock Os Mitos e Lendas do Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda, de Rick Wakeman. O disco foi gravado ao vivo e vai ser lançado pelo mesmo selo que lançou os disco de Wakeman, o Voiceprint. O CD deve chegar às prateleiras em junho. Também estão nos planos da banda a reapresentação dos principais espetáculos produzidos nestes 10 anos. A Banda Sinfônica Jovem, ligada à secretaria estadual de cultura, é formada por 70 instrumentistas com idades entre 14 e 28 anos. Cada um deles permanece em média três anos na orquestra recebendo uma ajuda de custo de R$ 200. Depois desse período, os músicos usam a experiência adquirida para entrar em orquestras profissionais. 10 anos da Banda Sinfônica Jovem - Abertura da temporada 2003 - Sala São Paulo. Praça Júlio Prestes s/nº. Domingo, 30 de março, às 11h. Ingressos, R$ 2.

Agencia Estado,

27 de março de 2003 | 12h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.