Divulgação
Divulgação

Sinead O'Connor se separa com apenas 16 dias de casamento

Artista revelou que casal não estava preparado para o matrimônio

EFE,

27 de dezembro de 2011 | 22h00

MADRI - A cantora irlandesa Sinead O'Connor anunciou, em uma extensa carta publicada em seu blog, o fim de seu casamento com Barry Herridge, uma união que terminou no dia 24 de dezembro e durou apenas 16 dias.

A artista reconheceu que ambos se precipitaram e que não estavam preparados para as "consequências" que o casamento representaria na vida de Herridge e seus familiares e amigos.

Sinead O'Connor disse que, desde o início da relação, pessoas próximas a seu agora ex-marido o pressionaram "para não se relacionar" com ela e logo descobriu que se continuassem juntos, ele "perderia mais do que poderia suportar".

"Não posso tirar a vida de ninguém. E uma mulher quer ser motivo de alegria para seu marido. Você ama alguém? Então deixe-o livre", escreveu no blog.

O rompimento foi "amistoso" e por isso a cantora pede respeito aos meios de comunicação. A privacidade é "o mais importante" para que seu marido possa continuar desenvolvendo seu trabalho como terapeuta de crianças, comentou.

Apesar de o casamento ter durado apenas 16 dias, a relação terminou bem. Tanto que a cantora se refere em várias ocasiões a seu quarto marido como uma pessoa "maravilhosa" e inclusive pede a seus fãs que rezem por ele "para que esteja bem e para que não se preocupe" por ela, que tem "ampla experiência nestes assuntos".

Sinead O'Connor é mãe de quatro filhos e já foi casada com o produtor musical John Reynolds, com o jornalista Nicholas Sommerlad e com Steve Cooney, de quem se separou no último mês de março após oito meses de casamento.

Tudo o que sabemos sobre:
Sinead O'Connorcasamentopop

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.