Simply Red revive anos 80 em São Paulo

O soul branco - ou vermelho, como prefiram - do grupo Simply Red desembarca hoje em São Paulo para mostrar um novo disco no Credicard Hall. Depois de Pretenders (ainda tem Echo and the Bunnymen em novembro), é mais um remanescente do rock dos anos 80 a reviver no Brasil - o que mostra que, ao menos aqui, a década "perdida" deixou marcas profundas. O homem-banda Mick Hucknall desembarca com um grupo grande em São Paulo (são quatorze músicos e cantores) para mostrar sua mais nova tentativa, o disco Home (que traz até uma cover de Bob Dylan, Positively 4th Street). Com repertório de baladas da soul music, o Simply Red marcou várias gerações com músicas como Stars (1991), If You Don´t Know Me By Now (cover de Harold Melvin and the Bluenotes, em 1989) e Holding Back the Years (1986). Desde aqueles tempos áureos, no entanto, não conseguiu emplacar de novo um disco fundamental, vivendo da nostalgia e da voz agradável de Hucknall. Segundo os produtores do Brasília Music Festival, Hucknall chega com um time que inclui os seguintes músicos: Dee Johnson e Sarah Brown (backing vocals), Kenji Suzuki e Mark James (guitarras), Dave Clayton e Tim Vine (teclados), Wayne Stobbart (baixo), Pete Lewinson e Gota Yashiki (bateria), Chris De Margary (sax e flauta), Ian Kirkham (sax), Kevin Robinson (trompete) e John Johnson (trombone). Depois do Credicard Hall, o Simply Red vai ao Brasília Music Festival (dia 26) e, no dia 27, estará no Gigantinho, em Porto Alegre. Simply Red - Hoje, às 21h30. Credicard Hall. Avenida Nações Unidas, 17.955, tel. 6846-6010. Menores de 14 anos não poderão entrar. Adolescentes de 14 e 15 anos devem ir acompanhados de pais ou responsáveis. Ingressos de R$ 50,00 a R$ 200,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.