Mike Blake/Reuters
Mike Blake/Reuters

Shows de Rihanna no Brasil são cancelados

Empresa brasileira processa falsos representantes da empresa em NY

Estadão.com.br,

18 de setembro de 2010 | 16h03

As apresentações que a cantora pop Rihanna faria no Brasil em novembro foram canceladas. A Unique Sports & Marketing, empresa do grupo BWA, que traria a artista para shows em três capitais do País, afirma ter sido vítima de fraude.

A companhia brasileira entrou com um processo em Nova York contra a Vegas Style Entertainment, que teria se passado por representante da cantora. O contrato foi assinado no valor de US$ 1,7 milhões, e já teriam sido gastos mais de US$ 280 mil. A empresa reclama uma indenização no valor de US$ 4,7 milhões.

Em agosto, o agente da cantora, Tony Goldring, desmentiu o show. Na época, representantes da Unique Sports & Marketing afirmaram que a negociação havia sido feita diretamente com o empresário de Rihanna, Marc Jodan. As apresentações deveriam acontecer em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre entre os dias 26 e 28 de novembro. A empresa informa que não desistiu de trazer Rihanna ao Brasil e que já negocia novas datas com os verdadeiros representantes da cantora.

Tudo o que sabemos sobre:
Rihannashow

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.