Divulgação
Divulgação

Shows de João Gilberto devem ficar para o ano que vem

Segundo esposa, apresentações em São Paulo e Rio podem ser adiadas

O Estado de S.Paulo,

13 de dezembro de 2011 | 22h29

João Gilberto tem festejado seus 80 anos no melhor estilo João Gilberto. Sem dar sinais de vida a produtores, empresários, casas de show ou assessores de imprensa, deixa de novo a incerteza no ar. Os shows previstos para os dias 18, em São Paulo, e 21, no Rio, não devem mais ocorrer, segundo sua mulher, Claudia Faissol. Enquanto ela justificava que João não pode sair de casa por estar gripado, empresários da turnê, sem notícias do cantor, aguardavam os advogados de João para uma posição oficial.

"Não posso afirmar com certeza o cancelamento porque não me passaram", disse ao Estado o empresário Maurício Pessoa, na noite de ontem. "Minha posição é a pior possível. Nunca passei por isso na minha vida", desabafou Pessoa.

Sobre o motivos dos primeiros cancelamentos da turnê em São Paulo e em Salvador, ele disse que nada têm a ver com a baixa venda de ingressos. "Afirmo com toda a pureza da minha alma. Tivemos dificuldades na busca de patrocínio, mas sabíamos que venderia. As vendas estavam indo bem, sem que tivéssemos feito anúncios. O show aconteceria com ou sem público." Sobre os efeitos de tantos cancelamentos, ele diz: "A certeza vai se deteriorando. As pessoas ficarão desconfiadas. Em vez de comprar antes, vão para as portas das casas de show."

Tudo o que sabemos sobre:
João GilbertoMPBbossa Nova

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.