AP
AP

Show de retorno de Michael Jackson é adiado em 5 dias

Palco da primeira apresentação não ficará pronto a tempo, dizem organizadores; estreia será em 13 de julho

Reuters,

20 de maio de 2009 | 18h52

O retorno do popstar Michael Jackson aos palcos foi adiado em cinco dias, anunciaram os organizadores dos concertos nesta quarta-feira, 20. O chamado "Rei do Pop" anunciou este ano que faria 50 concertos na 02 Arena, em Londres, depois de viver como virtual recluso desde que foi absolvido num julgamento de 2005 por abuso sexual infantil.

Os organizadores disseram que o adiamento é necessário para que consigam produzir o espetáculo que querem mostrar. "Este show cresceu de tamanho e abrangência, exigindo mais tempo para a construção do palco, a programação do conteúdo dos elementos de vídeo e, o que é o mais importante, mais tempo para ensaios completos de produção e do espetáculo inteiro", disse Randy Phillips, presidente da AEG Live, empresa que está promovendo os concertos.

O concerto inaugural agora vai acontecer em 13 de julho em vez de 8 de julho, e três outros espetáculos programados para julho foram transferidos para março de 2010. A AEG disse que as pessoas que compraram ingressos e que não quiserem ficar com eles para os concertos adiados serão reembolsadas pelo valor integral dos ingressos.

Tudo o que sabemos sobre:
Michael Jackson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.