José Patricio/Estadão
José Patricio/Estadão

Show de McCartney é teste de fogo para arena do Palmeiras

Isolamento acústico, proteção do gramado, serviços e acessiblidade estarão em observação

Jotabê Medeiros, O Estado de S. Paulo

12 de novembro de 2014 | 19h38

A arena Allianz Parque, que vai receber seu primeiromegashow nos dias 25 e 26 de novembro, a turnê Out There, de Paul McCartney, aindanão testou o isolamento acústico do estádio no seu volume máximo. Isso só deveráacontecer nos próximos dias, quando ficar completada a obra. Além de placasacústicas no interior do estádio, há “telhas metálicas” no anel superior daarena (formadas por 2 camadas de metal, 2 de lã de rocha e uma de metal liso)para amortecer o barulho.

A organização demonstra total confiança no sistema.Moradores vizinhos da arena foram convidados recentemente a conhecer o projeto,que, por lei, é obrigado a garantir o menor índice de ruído possível. OPrograma de Silêncio Urbano (a chamada Lei do Psiu) permite até 65 decibéis deruído em áreas mistas (residenciais e comerciais). A multa por exceder esselimite é de R$ 34,5 mil.

Já estão marcados 5 megashows no Allianz Parque para o anode 2015 (o que pode incluir os Rolling Stones, ainda não confirmado). Cerca de80% dos 160 camarotes do estádio já foram vendidos (cada um deles tem de 12 a21 lugares, mas algumas empresas compram camarotes contíguos para juntar suascapacidades e aumentar o número de convidados). A produção de Paul McCartney sódeve escolher o local do camarim do músico daqui a alguns dias.

Durante o show, será usada uma cobertura translúcida sobre agrama do estádio (que permite que a grama “respire”). O espetáculo levará 48mil pessoas ao novo estádio e o uso múltiplo, para fins de entretenimento eesportivos, tem sido um desafio para técnicos nesse esforço de preservação dogramado. O tempo de recuperação da grama, após os megashows, é de até 3 dias,segundo a administração da arena. Parte da água utilizada no estádio é de reuso­- a água que cai na cobertura durante chuvas é recolhida e armazenada.

A comunicação durante os espetáculos não vai ser umproblema, segundo a organização. A arena (cujo custo total foi de R$ 630milhões), possui mais de 500 antenas wi-fi, com internet gratuita, e 275 spotsde luz. No total, o estádio possui mais de 1,4 mil lugares garantidos paragarantir acesso e mobilidade para deficientes (como parte do estádio estarácoberto pelo palco, não será esse o total disponível), e isso também estarásendo observado.

O show de McCartney é um dos maiores do show biz mundial:são 42 carretas para transportar o material de montagem; a estrutura metálicapesa 150 toneladas; cerca de 280 profissionais brasileiros e 40 técnicosestrangeiros trabalham na montagem e na produção. O palco possui cerca de 70metros de largura e até 26 metros de altura. Serão usadas 150 caixas de som,com potência de 200 mil watt, além de dois telões em alta definição naslaterais do palco.

Tudo o que sabemos sobre:
Paul McCartney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.