Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Show de Gaga ainda tem público reduzido; fã foi violentada em hotel

DJ Lady Starlight fez show de abertura com cerca de 10 mil pessoas; turistas sofreram agressão em Ipanema

Jotabê Medeiros/ENVIADO ESPECIAL/RIO DE JANEIRO,

09 de novembro de 2012 | 20h09

Atualizada às 22h33

Duas turistas de Brasília, uma de 18 e uma de 19 anos, que vieram ao Rio para ver Lady Gaga, foram atacadas por um criminoso num hotel de Ipanema. Segundo a polícia, elas foram abordadas dentro do hotel, e obrigadas a seguir para seu quarto. Foram atacadas violentamente e uma delas foi estuprada. O hotel São Marcos poderá ser responsabilizado, de acordo com a policia, porque o agressor ainda saiu do local carregando as malas delas, deixando-as presas no quarto. No inicio da noite, elas eram atendidas no hospital.

O show de Gaga tinha um publico reduzido - a organização estimou inicialmente em 90 mil pessoas, mas pouco mais de 10 mil estavam no Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca, no momento do primeiro show. Isso dava um clima de festa e tranquilidade. Muitas fãs de perucas coloridas dançavam no gramado sintético. Fãs que pagaram R$ 350 para a pista VIP reclamavam que as promoções tinham colocado outras pessoas que pagaram apenas R$ 75 no mesmo local. Pernilongos faziam a festa no Parque dos Atletas. Às 20h, começou o show da DJ Lady Starlight, a primeira atração da noite. Com um som pesado, um estilo Grace Jones de karaokê, Lady Starlight distraiu a pequena plateia. A segunda seria o Darkness, grupo britânico de hard rock.

O grupo britânico The Darkness, escolhido pela própria Lady Gaga, lembra um pouco a banda fake da MTV, o Massacration, com seus gritinhos de metal farofa e as roupas prateadas. A banda abriu a noite às 20h45 com bom rock'n'roll, muita guitarra e um equilibrado pacote de diversão e pastiche. Abriu com Every Inch of You, e logo a seguir Growing on Me e One Way Ticket. O público parecia mais encorpado, mas ainda não chegava a 20 mil pessoas no momento do seu concerto.

Justin Hawkins, cantor da banda, brincou com a grande quantidade de mosquitos, dizendo que daria neles o seu melhor tiro. E enfiou o microfone nas calças após cantar Get yOUR hANDS oFF mY wOMAN. "Cheira esquisito", disse depois.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.