Show com Roberta Sá, Daniela Mercury e outros é cancelado

Espetáculo aconteceria no domingo, no Parque Villa-Lobos, com vários artistas como Paralamas e Nando Reis

Pedro Henrique França, de O Estado de S. Paulo,

07 de novembro de 2008 | 19h55

Sob perspectiva de um domingo ensolarado, o Parque Villa-Lobos deveria ser o palco de um grande encontro da música brasileira. Mas o show, intitulado Telefônica Trio Tons, foi cancelado, confome comunicado enviado à imprensa no início da noite desta sexta-feira, 7. Estavam previstas apresentações de Ana Cañas, Nando Reis, Paula Lima, Diogo Nogueira, Roberta Sá, Celso Fonseca, Daniela Mercury, Toni Garrido e Paralamas do Sucesso - todas no domingo, a partir das 16h. Sem maiores explicações, a nota da assessoria de imprensa do evento informa apenas que por "motivos alheios à nossa vontade, o show Telefônica Trio Tons Especial não será realizado". Procurada pela reportagem, a assessoria disse não ter mais informações e que daria mais detalhes quando os tivesse. O comunicado afirma ainda não ter uma nova data para a realização do show, mas que estão sendo analisadas alternativas para "viabilizar  a realização de um evento desta importância na cidade de São Paulo".  A cantora Roberta Sá, que seria uma das atrações do show de domingo e havia desembarcado há pouco em São Paulo, informou ter sido informada do cancelamento já na cidade. Ela lamentou "muitissímo", mas lembrou que a viagem não foi perdida, já que ela se apresenta este sábado no Boteco Bohemia (com ingressos esgotados). "Viria para São Paulo de qualquer maneira hoje à noite. Não sei como fica [a questão de cachê], mas confesso que não estou muito preocupada com isso", disse a cantora.  Confira a íntegra do comunicado: "Comunicamos que, por motivos alheios à nossa vontade, não será realizado o show ‘Telefônica Trio Tons Especial’ previsto para domingo (09/11), às 16 horas, no Parque Villa Lobos. Informamos ainda que analisaremos alternativas para viabilizar a realização de um evento desta importância na cidade de São Paulo, como forma de continuar incentivando a democratização do acesso da população à cultura."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.