Divulgação
Divulgação

Shakira brilha na noite de Beirute

Apresentação, dedicada a seu pai, aconteceu em um clube náutico da capital libanesa

Efe,

26 de maio de 2011 | 23h51

BEIRUTE - A cantora colombiana Shakira brilhou na noite do Mar Mediterrâneo nesta quinta-feira, 26, durante seu show em Beirute, no Líbano, terra de seus antepassados, deixando o público cativado com sua música e dança.

 

A apresentação, dedicada a seu pai, William Mebarak, aconteceu em um clube náutico da capital libanesa para um público de 25 mil pessoas que, durante o espetáculo de pouco mais de uma hora e meia, cantou e dançou suas músicas.

 

"Dedico este concerto a meu pai. Estou feliz de estar aqui. Há anos queria me apresentar no Líbano e hoje realizei meu sonho", disse a cantora, provocando aplausos na plateia.

 

Em sua chegada a Beirute na quarta-feira, 25, Shakira demonstrou orgulho por estar na terra de seus antepassados. "Amo muitíssimo o Líbano, espero vê-los dançar e cantar comigo. Estou orgulhosa de estar aqui", afirmou.

 

Durante o show, a artista interpretou canções de seu novo disco, Sale el Sol, e sucessos como Loca, Soy Gitana, My hips don't lie e Ojos así.

 

Um dos pontos altos da apresentação foi quando cantou em árabe uma estrofe de uma canção de Fairuz, considerada a melhor cantora do Líbano, e ensaiou passos da dança do ventre.

 

Shakira também tocou gaita e violão e seduziu seus fãs, de todas as idades, com o ritmo de seus quadris.

 

A colombiana convidou quatro jovens libanesas a dançar com ela no palco e pronunciou algumas palavras em árabe, como "chucran" (obrigado), e beijou a bandeira libanesa.

 

O show terminou com Waka Waka, tema da Copa do Mundo da África do Sul, acompanhada por imagens de crianças no telão e fogos de artifício que iluminaram a noite de Beirute e o Mar Mediterrâneo.

 

A apresentação fez parte da turnê mundial para promover o disco Sale el Sol.

Tudo o que sabemos sobre:
shakirabeiruteshowlíbano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.