Orlando Barria/Efe
Orlando Barria/Efe

Shakira: América Latina não deve se conformar com migalhas

Cantora disse estar decidida a se somar aos esforços para erradicar "as cadeias de pobreza no mundo"

Efe,

05 Abril 2011 | 11h59

MÉXICO - A cantora colombiana Shakira pediu que os latino-americanos deixem para trás a mentalidade conformista vigente mesmo séculos após a colonização e que não se conformem com as migalhas que "nos atiram".

 

Em entrevista à rede mexicana Televisa, a cantora, que se apresentou no México no sábado, afirmou que está decidida a se somar aos esforços para erradicar "as cadeias de pobreza no mundo", e assegurou que "é mentira que o que nasce pobre tem que morrer pobre".

 

"Isso é uma mentira da colonização que tivemos que engolir durante muitos séculos", assinalou ao avaliar que "a forma de erradicar a pobreza é a educação".

 

Por isso, indicou, trabalha na Fundação Alas, um movimento para promover a educação avançada, para que os Governos incluam o tema em suas agendas e para que a educação se torne uma prioridade.

 

"Se uma criança começa bem sua vida, continuará bem", assegurou a artista.

 

Shakira assegurou que embora tenha acesso a muitas coisas, isso não a afasta da oportunidade de trabalhar pelos sonhos de muitos outros.

 

Quanto à sua música, a cantora explicou que seu novo álbum, Sale el Sol, recupera o ritmo do merengue que marcou sua infância em Barranquilla, no norte da Colômbia, onde as pessoas são muito felizes.

Mais conteúdo sobre:
shakira

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.