Sex Pistols vão voltar aos palcos

Mais uma reunião efêmera do Sex Pistols está programada. Desta vez, a banda ícone do punk britânico vai cruzar o Atlântico para dois shows na América do Norte, dia 21 de agosto em Nova York, e quatro dias depois em Toronto, no Canadá. Quam confirmou a viagem foi o próprio John Lydon, mais conhecido como Johnny Rotten, à revista Rolling Stone.Novas datas de apresentações devem ser confirmadas em breve. O líder do Sex Pistols disse que ainda se sente bem em tocar com Steve Jones, Paul Cook e Glenn Matlock, a formação original da banda que estará nos dois shows deste ano. Mas Rotten recusa-se por completo a compor ou gravar novamente com a banda."Pelos primeiros dez anos depois que o Pistols acabou, tirei a banda da cabeça. Mas percebi que não tinha nada do que me envergonhar. Amo o que fiz e amo o que faço. Mas acho que um disco (Nevermind the Bollocks, de 1977) é tudo o que sempre precisamos. Não há nada além disso", disse Rotten, hoje com 47 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.