Seu Jorge prepara alto vôo

O carioca Seu Jorge, de 34 anos, ou o Mané Galinha de Cidade de Deus (dirigido por Fernando Meirelles) vai trocar São Paulo, onde vive há quatro meses por Nova York. Investe na carreira de ator e cantor. Acrescentou à sua ficha de sucessos o fato de ser o primeiro ator negro brasileiro a atuar em produção hollywoodiana. Mas faz show no Via Funchal antes de partir.Seu Jorge acaba de lançar na França seu segundo CD-solo, o surpreendente Cru (selo Naïve), e tem turnê programada pela Europa. Vendeu 15 mil cópias do disco em um mês na França - um fenômeno para quem está começando e não faz batuque decorativo. Por conta do sucesso, ganhou três páginas na Rolling Stone francesa, Em breve, estréia nas telas americanas The Life Aquatic, dirigido por Wes Anderson (de Os Excêntricos Tenenbaums) e rodado na Itália. Além de ter atuado ao lado de um elenco estelar - Anjelica Huston, Willem Dafoe, Bill Murray, Jeff Goldblum -, Jorge foi responsável pela trilha sonora. Verteu para o português 13 canções de David Bowie, escolhidas pelo diretor. Bowie disse que gostou tanto que o convidou para shows juntos no ano que vem. Em Life Aquatic Jorge interpreta Pelé dos Santos, mergulhador profissional, especialista em bombas, responsável pela segurança do oceanógrafo Steve Zissou (Murray). "Quem me indicou foram Walter Salles e Fernando Meirelles. Ele ainda rodou este ano A Casa de Areia de Andrucha Waddington, ao lado de Fernanda Torres e Fernanda Montenegro, vai gravar Leãozinho (Caetano Veloso), com a cantora francesa Jane Birkin, para um DVD dela, e estuda a possibilidade de estrelar um western dirigido por Wes Anderson em 2005. Desde o lançamento do primeiro CD-solo, Samba Esporte Fino (2001), sua carreira musical foi atravessada pelo cinema. "Nunca tive a ilusão de que ia vender disco, fazer fortuna". Para quem morou sete anos na rua, considera que vive bem. "Falo quatro línguas, estou com o passaporte cheio de carimbo, não enriqueci, mas também não morro de fome." Mas todo mundo canta Carolina nos shows e agora o rádio toca Cotidiano (Chico Buarque), que ele gravou no disco do DJ Marcelinho da Lua, o que não computa: "Só emprestei minha voz." Seu Jorge. 12 anos. Via Funchal (3.076 lugares). Rua Funchal, 65, Vila Olímpia, 3038-6698. Sábado(20), 21h30. R$ 30 a R$ 70

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.