DENISE ANDRADE - AE
DENISE ANDRADE - AE

Seu Jorge é alvo de atitude racista em rede social

O cantor foi incentivado pelos fãs a denunciar o episódio provocado pelo internauta identificado como @hduartescp

Mariana Durão, O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2017 | 11h24

RIO - O cantor Seu Jorge foi alvo de um ataque racista em seu perfil no Instagram. Durante uma transmissão ao vivo do artista, um internauta identificado como @hduartescp se referiu a ele como 'preto de merda' e disse que 'o mundo está infestado de pretos'. Seu Jorge reagiu aos comentários, postando as ofensas na rede social na madrugada deste domingo, 23.

"Esse cara aqui @hduartescp entrou na minha transmissão ao vivo pra destilar o seu venenoso racismo contra minha pessoa me ofendendo de graça sem eu nunca tê-lo visto em toda minha vida! O que vcs acham que eu devo fazer a respeito desse assunto? Alguma sugestão? só não vale o famoso deixa pra lá!", questionou a seus seguidores. 

O cantor foi incentivado pelos fãs a denunciar o episódio. "Tem que denunciar, buscar seus direitos e mostrar pra seres "humanos" como esses que eles não ficarão impunes e que estão cometendo crime e têm que ser responsabilizados", disse a internauta @millarecife.

Em um diálogo durante a mesma transmissão, o agressor responde com outra frase racista: "Foda-se. O mundo está infestado de pretos". Seu Jorge se mostrou indignado e chamou a atenção para o comentário na rede social.

"Mais uma do mocinho @hduartescp pra não dizer depois que nós os negros somos paranóicos e cheios de mimimi!!esta aí pra todo mundo ver,e olha que ele conseguiu fazer isso a mais de 10.000 km de distância...imagina como deve ser na vizinhança dele,na escola,com os empregados dele no futuro...", escreveu.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do cantor para saber se ele fará uma denúncia, mas ainda não obteve retorno.

Tudo o que sabemos sobre:
Instagramracismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.