Sesi abre as portas para o blues

Órfão de um evento relevante, o cenário formado por blueseiros nacionais ganha uma saída para firmar-se definitivamente no País com o novo festival Sesi Jazz & Blues. O evento, que começa nesta sexta-feira e vai até 5 de maio, traz duas atrações internacionais e dez dos mais importantes nomes do jazz e do blues no Brasil. Além das atrações de peso, outro ponto positivo do festival é a oportunidade de assistir, sem gastar um centavo, a shows de nomes como Blue Seven, Kenny Brown & K. B. Express, André Christovam e a revelação Yamandú Costa. O Blues Etílicos, uma das bandas mais importantes do blues nacional, é a primeira a se apresentar na programação principal do festival, que começa às 21h no Teatro Popular do Sesi. O grupo é carioca, seus integrantes cresceram ouvindo John Lee Hooker nas praias de Copacabana e seus sotaques não disfarçam os "esses" arrastados. Mas é São Paulo que tem sido o reduto da banda há 15 anos. O grupo é formado por Flávio Guimarães (gaita), Greg Wilson (guitarra e vocal), Otávio Rocha (guitarra), Cláudio Bedran (baixo) e Pedro Strasser (bateria). Conhecidos por misturarem música brasileira, latina e ritmos como o jazz, soul e o rhythm´n´blues, o Blues Etílicos mostrará músicas de seu recém-lançado disco, Águas Barrentas. Registrado ao vivo em dois shows realizados em São Paulo, o CD é uma compilação de temas gravados em outros álbuns do grupo, como Cerveja, em parceria com Fausto Fawcett, e Terceiro Uísque, de Frejat. Ainda na sexta, o guitarrista Big Joe Manfra apresenta-se na chamada programação paralela, que rola a partir das 12h30 na esplanada do Centro Cultural, do Sesi. O currículo de Big Joe também é de fazer inveja. Influenciado pelos mestres da guitarra Stevie Ray Vaughan e B. B. King, ele já se apresentou com consagrados grupos de blues do País, excursionou com o gaitista Peter "Madcat" Ruth e foi convidado pessoalmente por James Hendrix (pai de Jimi Hendrix) para participar do festival 1999 Ultimate Jimi Hendrix Eletric Guitar Competition. Sábado sobe ao palco a primeira atração internacional. O grupo Blue Seven se apresentará com a presença do baterista Matt Wilson e do saxofonista Ohad Talmor, dois dos mais importantes músicos de jazz na atualidade nos Estados Unidos. O primeiro fim de semana do Sesi Jazz & Blues termina com a apresentações de Milton Félix e Banda Bananeira (na programação paralela) e do bluesman Nuno Mindelis (na principal). Mindelis é angolano, radicou-se no Brasil, mas toca guitarra como se tivesse nascido no Mississippi. O guitarrista é um desses produtos nacionais para exportação que caminha a duras pegadas por palcos nacionais - ao mesmo tempo em que vive nas graças dos especialistas em blues lá de fora. No show, o músico deve apresentar músicas do seus elogiados discos Blues on the Outside e Texas Bound.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.