Sesc Pompéia terá programa de TV

Começa a ser gravado amanhã o inédito programa Intimidade É Fato, realizado pelo Sesc Pompéia, que, em setembro, vai ser transmitido pelo canal Multishow. A idéia, segundo a compositora Lucina, co-autora do projeto e co-diretora musical, é de, por meio da junção de um veículo de informação popular (a TV) com a estrutura culturalmente conceituada do Sesc, aproximar dois artistas de obras relevantes na música popular brasileira contemporânea. Além disso, há uma intenção de extrair mais do que o diálogo musical, mas idéias, reflexões e provocações. Ou seja, o telespectador não será subestimado.O primeiro programa traz Luiz Tatit e Zélia Duncan. O público pode assistir à gravação, que ocorrerá sempre às quartas-feiras, às 21 horas, até fevereiro. Não foi definida a continuidade depois desse prazo.Tatit afirma que a distância entre os ambientes musicais dele e de Zélia é menor do que parece. "Na sua trajetória, Zélia tem se alimentado bastante das coisas do Rumo (grupo formado por ele nos anos 80, que tinha entre os integrantes a cantora Ná Ozzetti). E toda que vez que nos encontramos, isso é reafirmado, ficamos sempre articulando uma aproximação nos bastidores. O encontro estava prestes a acontecer", conta ele.Além da importância da realização do encontro, que proporciona a "não esterilização" cultural, Tatit também afirma que gosta muito do novo trabalho de Zélia, Sortimento. Disse ter ficado impressionado com o show, mas vai interpretar a canção Um Jeito assim, do início da carreira de Zélia.Segundo Lucina, Intimidade É Fato não vai se prender aos clichês, por exemplo, da aproximação da nova e velha e geração. "Tem, sim, uma preocupação de chamar a atenção com alguém que tem mais destaque na mídia, mas que ali, no palco, os dois tenham o mesmo valor, iguais e submetidos ao improviso e às perguntas, que são o nosso segredo", diz ela. "Será um questionamento profundo, mas não exaustivo, sobre a atualidade, religião, música e sexo. Não é um talk show, com uma retrospectiva de carreira. É o encontro e o que pode ser tirado dessa intimidade musical."Os próximos encontros serão de Chico César e Rita Ribeiro e Alcione e Beth Carvalho. A direção de produção é de Patrícia Ferraz, também autora do projeto, e a musical de Vinícius Sá. Belisário Franca fará a direção de imagem e os cenários são de Lara Velho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.