Série faz introdução à música erudita

O selo alemão Deutsche Grammophon construiu, ao longo das décadas, uma das mais prestigiadas reputações quando o assunto são os selos de música erudita. Agora, o público brasileiro tem duas oportunidades de entrar em contato com a beleza de algumas das principais gravações de seu catálogo. Desde outubro, estão à venda nas bancas de jornais gravações a preços populares (R$ 10,90 cada volume). Nas lojas, a novidade é a coleção Panorama, série de álbuns duplos que reúnem gravações primorosas de algumas das principais obras de determinados compositores.Dedicada a "iniciantes e a qualquer pessoa que queira se enveredar pelo universo dos grandes compositores da história da música", a série Panorama elege compositores e busca reunir gravações de suas principais peças. Tarefa um tanto quanto ingrata e complicada. Afinal, escolher, por exemplo, as Sinfonias n.ºs 5 e 6 de Tchaikovski significa deixar de lado a Sinfonia n.º 4, considerada por muitos como a mais completa obra do compositor.A coleção, porém, segundo a apresentação dos discos, não tem como objetivo esgotar os autores, servindo como uma introdução a seu universo de composição.Ao contrário do que ocorre com os discos vendidos em bancas, que trazem apenas as informações básicas sobre os artistas envolvidos nas gravações, cada volume traz um pequeno texto apresentando os compositores e as obras executadas.O desfile de grandes artistas e orquestras é o destaque da coleção. Bernstein rege as duas últimas sinfonias e a Abertura Romeu e Julieta de Tchaikovski à frente da Filarmônica de Nova York. O volume também tem o violoncelista Mstislav Rostropovich como maestro, à frente da Filarmônica de Berlim, na execução da Suíte Quebra Nozes.Claudio Abbado aparece em discos como os dedicados a Verdi, regendo Placido Domingo, Katia Ricciarelli, Elena Osbratzova e Nicolai Ghiaurov em Ainda. A argentina Martha Argerich interpreta Chopin em disco que tem, também, a participação de Vladimir Ashkenazy.Karajan rege a Filarmônica de Berlim em peças de Beethoven com solistas de peso como Sviatoslav Richter, Anne-Sophie Mutter e Mstislav Rostropovich. No volume de Brahms, Karajan, Karl Böhm, Christa Ludwig, Pinchas Zukerman e Daniel Barenboim.Em Mozart, Alfred Brendel está acompanhado de Böhm e Karajan. Debussy aparece na interpretação de Abbado e Karajan. Destaque para a Sonata para Violoncelo e Piano na interpretação de Rostropovich e de Benjamin Britten.Afora esses exemplos, a coletânea traz grandes nomes como os maestros Charles Dutoit, Trevor Pinnock, Pierre Boulez, Carlo Maria Giulini, Carlos Kleiber, Lorin Maazel, James Levine, Neville Marriner, Rafael Kubelik, Andre Previn, Giuseppe Sinopoli, Seiji Ozawa e os cantores Dietrich Fischer-Dieskau, Carlo Bergonzi, Tereza Berganza, José Carreras, Luciano Pavarotti, Herman Prey, Cheryl Studer e Birgit Nillsson.Outros compositores contemplados são Hector Berlioz, Georges Bizet, Igor Stravinski, Georges Gershwin, Maurice Ravel, Franz Liszt, Frederic Chopin, Gustav Mahler, Giacomo Puccini, Giacomo Rossini. Coleção Panorama - Selo Deutsche Grammophon. Vários títulos. Preço médio: R$ 40,00.

Agencia Estado,

18 de dezembro de 2000 | 16h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.