Divulgação
Divulgação

Sérgio Reis tem perda súbita de consciência e cai no palco

Músico despencou repentinamente de uma altura de 2,2 metros, durante uma apresentação em MG, e fraturou duas costelas

Aline Reskalla, Especial para o Estado ,

04 de março de 2012 | 12h49

* Texto atualizado às 16h05

 

Momentos antes de cair do palco, na madrugada deste domingo, em Três Marias (MG), o cantor paulista Sérgio Reis, 71, teve uma perda súbita de consciência, informou nesta tarde o médico Anselmo Dornas Moura, chefe da equipe que atende o músico no hospital Mater Dei, em Belo Horizonte. O fenômeno é conhecido como "síncope".

Sérgio Reis cantava o sucesso "Panela Velha" quando despencou repentinamente de uma altura de 2,2 metros, durante apresentação em um festival de música que comemorava o aniversário da cidade mineira, no Terminal Turístico Praia Mar de Minas. Sérgio Reis chegou a ser atendido no hospital São Francisco, em Três Marias, onde passou por exames, antes de ser transferido para o Mater Dei, em Belo Horizonte, onde deu entrada às 7h30 deste domingo.

"Ele disse que percebeu as vistas escurecendo antes de cair", afirmou o médico. O cantor, que tem histórico de problemas cardíacos, permanece internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) para apuração das causas da perda de consciência.

Uma das possibilidades é justamente a ocorrência de uma arritimia cardíaca. Por esse motivo, explicou Anselmo Moura, o coração do cantor está sendo monitorado. Com a queda, Sérgio Reis fraturou duas costelas e teve uma contusão no ombro, lesões sem maiores gravidades.

Em nota, o hospital informou que, "na admissão, o cantor e compositor se apresentava consciente e movimentando os quatro membros". Foi feita uma tomografia computadorizada de crânio, cujo resultado foi normal, e um raio x de tórax. Este exame constatou a fratura de duas costelas no ômbro direito. A nota afirma ainda que "está sendo realizada uma série de exames para tentar identificar a causa do mal súbito que culminou com a queda do paciente", que pode deixar a UTI amanhã, 5 de março.

Há dois anos, o sertanejo precisou implantar um stent no coração após ser internado com um quadro de angina. Em 2002, Sérgio Reis já havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ele está consciente, passa bem e conversa normalmente. Pode ter alta até terça-feira caso seu quadro permaneça estável.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Sérgio Reismúsicashow

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.