Divulgação
Divulgação

'Separação fez muito bem à banda', afirma o baterista do System of a Down

Depois de quatro anos, banda volta a se apresentar ao vivo; quarteto é uma das atrações do Rock in Rio

Estadão.com.br,

13 de maio de 2011 | 17h52

Após quatro anos longe dos palcos, a banda System of  a Down voltou a se apresentar ao vivo. O show, que aconteceu em Alberta, no Canadá, reuniu mais de 15 mil pessoas. O baterista John Dolmayan afirmou que a pausa fez muito bem ao grupo e que os integrantes nunca se sentiram tão felizes.

Formado em 1994, o System of a Down ganhou fama ao lançar o álbum Toxicity, de 2001. Nele estão incluídos os hits Chop Suey! e Aerials. Depois de um sucesso estrondoso, o grupo anunciou a separação em maio de 2006.

O cantor Serj Tankian lançou dois álbuns solo, enquanto o guitarrista Daron Malakian e o baterista John Dolmayan formaram a banda Scars on Brodway.

Em entrevista ao site Straight.com, Dolmayan disse que o hiato foi saudável para a continuidade do trabalho: "Um dia destes nós levamos 20 minutos para começar o ensaio porque estávamos todos rindo. Nem me lembro qual era a piada, mas é um sinal de que não levamos as coisas tão a sério assim, como no passado. Este intervalo, inclusive,  melhorou nossa relação", completou Dolmayan.

O músico defendeu ainda que toda banda é uma espécie de matrimônio: "Uma banda é um casamento, mas em vez de ter uma dor de cabeça, tem três ou quatro", concluiu.

Recentemente, o grupo confirmou presença na quarta edição do Rock in Rio. O quarteto vai se apresentar no dia 2 de outubro, no último dia do evento, no Palco Mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
System of a DownJohn Dolmayan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.