Semifinais do Prêmio Visa acontecem hoje e amanhã

Duas novas semifinais do Prêmio Visa de Música Brasileira - Edição Compositores serão realizadas nesta terça-feira e na quarta, no Sesc Vila Mariana. Essa nova fase da premiação foi aberta no dia 30, com os shows de Vitor Santana, Mario Sève e Danilo Moraes. Nesta terça, será a vez da mato-grossense Lucina, do paraibano João Linhares, e dos irmãos João Donato e Lysias Ênio entrarem na disputa. Na quarta, os cariocas Fred Martins e Zé Paulo Becker e a dupla Alzira Espíndola e Arruda integram o time da terceira semifinal.Compositora, cantora e instrumentista, Lucina tem mais de 20 anos de carreira e suas composições já foram gravadas por nomes como Ney Matogrosso e Joyce. Mesmo assim, apresentou um repertório novíssimo na fase eliminatória. Promete seguir a mesma linha defendendo no repertório "Beijo Clandestino" (dela e Paulinho Mendonça), "Fim" (parceria com Zélia Duncan), "Rosa Cálida" (com João Gomes) e "Se Chorasse" (com Luhli).Assim como Lucina, o também violonista João Linhares vai interpretar as próprias composições: "Jurema", "Navegante", "Canção de Ninar" e "Madrugada Louca". Linhares começou seus estudos dedilhando violão e violoncelo. Em São Paulo, ingressou na Orquestra Jazz Sinfônica e teve canções gravadas por Rita Ribeiro e Zizi Possi.Na mesma noite, João Donato e seu irmão Lysias Ênio mostram que ainda estão na disputa, trazendo no repertório de apresentação "Pelo Avesso", "Bateu pr´a trás", "Alguma Coisa assim" e "Falta de Ar", assinadas pela dupla e interpretadas por Cris Delanno. Nas eliminatórias, Donato e Ênio chegaram a enviar uma carta ao prêmio, solicitando a retirada da candidatura. A organização pediu para que os dois reconsiderassem e os irmãos decidiram seguir em frente na premiação.Nesta quarta-feira, Fred Martins, nome forte entre os compositores da noite, defenderá, ele próprio, as músicas "Sem Aviso" (dele e Francisco Bosco), "Sem Fundo e Sem Pena de Mim" (ambas parcerias com Marcelo Diniz) e "Iguais e Diferentes" (outra parceria com Bosco). Durante anos, Martins transcreveu partituras para os songbooks de Almir Chediak e teve composições gravadas por Maria Rita, Ney Matogrosso e outros.Violonista do Trio Madeira Brasil, Zé Paulo Becker interpretará seu repertório com o reforço da bela voz de Roberta Sá, em "Sertão do Vale" e "Espalha Brasa" (ambas dele e Mauro Aguiar), "Veneno Que Cura" (dele e João Pimentel) e "Gardênia" (em parceria com Alfredo Delpenho). Becker já tocou e gravou com gente como Elza Soares.Para esta terceira semifinal, a dupla de compositores Alzira Espíndola e Arruda selecionou as canções "Talento", "Meio Segundo", "Tecnocólera" e "Não Tem Limite", todas assinadas por ambos e defendida no palco por Alzira. Ela, que presenciou o movimento da vanguarda paulista, acabou desenvolvendo uma obra bem autoral, enquanto Arruda é um poeta nato. Prêmio Visa. Teatro do Sesc Vila Mariana (608 lug.). R. Pelotas, 141, 5080-3000. Hoje e amanhã, 21 horas.R$ 3 a R$ 6. Até 13/9

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.