Sem alarde, Britney Spears deixa hospital em Los Angeles

'A saída ocorreu sem nenhuma intervenção da lei', afirmou um policial; cantora esteve internada por 6 dias

Associated Press,

06 Fevereiro 2008 | 22h15

A popstar Britney Spears saiu rapidamente nesta quarta-feira, 6, do hospital em Los Angeles onde fazia avaliação psiquiátrica, segundo um oficial de polícia. "A saída ocorreu sem nenhuma intervenção da lei. Isso é bom", afirmou o capitão Sharyn Buck, da delegacia de polícia de North Hollwyood.   Veja também: Empresário manteve Britney Spears drogada, diz mãe da cantora Sob escolta policial, Britney Spears volta a ser internada   A cantora foi hospitalizada em 31 de janeiro, levada por uma ambulância amparada com um forte esquema de escolta policial, para uma avaliação psicológica no UCLA Medical Center, em Los Angeles.   Um comissário da Corte Superior colocou Britney e suas propriedades sob custódia temporária, com seu pai, James, como seu tutor legal e um advogado como co-tutor. A decisão judicial vale até 14 de fevereiro.   Britney, que ainda enfrenta uma batalha judicial com seu ex-marido, Kevin Federline, pela custódia de seus filhos, também foi hospitalizada no começo do janeiro, quando se recusar a devolver os filhos para o guarda-costas do marido, após ter terminado seu horário de visita.   Nessa ocasião, a internação da cantora foi acompanhada por um batalhão de paparazzi. Desde o episódio, Britney perdeu o direito legal de visitar seus filhos.

Mais conteúdo sobre:
Britney Spears

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.