"Seleções" lança coletânea de Elis Regina

Em quase 20 anos de carreira, Elis Reginalançou 25 elepês, dezenas de hits e pelo menos trêscompositores: Milton Nascimento, João Bosco e Fagner. Vinte anosapós sua morte, ela ainda é sucesso, seja no musical que ahomenageia, seja no relançamento de seus álbuns. A Universal fezuma caixa com seu catálogo da antiga Phillips e agora aSeleções do Reader´s Digest lança a sua, com cinco CDs e 70músicas, além de livreto com as letras, uma pequena biografiaescrita por Fernando Faro, depoimentos da cantora e um simpáticotexto de apresentação de João Bosco."A coincidência do lançamento com os 20 anos da mortede Elis não foi proposital", avisa o coordenador artístico doprojeto e responsável pela seleção das músicas, Luiz CarlosLaureano. "Escolhemos as músicas mais significativas e acho queconseguimos dar uma visão global de sua obra.A organização do repertório não é cronológica, embora oprimeiro CD, Nasce uma Estrela, abra com Arrastão,música de Edu Lobo que a lançou, num festival de música em 1965.O disco vai só até 1973 e já evidencia a diversidade de seurepertório. Tem o clássico Da Cor do Pecado (de Bororó),afro-samba (Canto de Ossanha, de Baden Powel e Vinícius deMoraes) e blues brasileiro (Black Is Beautiful, da fasepolitizada de Marcos e Paulo Sérgio Vale). Elis Romântica, osegundo disco, tem Carinhoso (de Pixinguinha e Braguinha) eMe Deixas Louca (bolero de Armando Manzanero com letra emportuguês do hoje imortal Paulo Coelho), mas predominam cançõesfilosóficas, como Na Batucada da Vida (Ary Barroso e LuizPeixoto) e Cais (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos).O disco seguinte, Grandes Sucessos, provocadiscordâncias. Afinal, se Madalena (Ivan Lins e RonaldoMonteiro), Mestre Sala dos Mares (João Bosco e Aldir Blanc)e Romaria (Renato Teixeira) foram onipresentes nas rádios,nem todos concordam que Canção do Sal e Travessia(Milton Nascimento) tenham sido sucessos devidos a Elis. Melhorque discutir é ouvi-la cantar as canções de Samba e OutrasBossas, o quarto CD, com a cult Falei e Disse (de Baden ePaulo César Pinheiro) e a versão definitiva de Elis paraConversando no Bar (Milton Nascimento e Fernando Brant).Elis Total, o quinto CD, traz Alô, Alô Marciano,de Rita Lee e Roberto de Carvalho, Como Nossos Pais eVelha Roupa Colorida, de Belchior, e Águas de Março, naversão perfeita de Elis e Tom Jobim, o autor.Sucessos Inesquecíveis de Elis é vendido no sitewww.selecoes.com.br ou pelo telefone 0300-789-7819, a R$ 99,80.Faz parte de uma série que já lançou caixas de Milton Nascimentoe de clássicos da bossa nova, com vendagem média de 50 mildiscos. Em novembro sai a caixa com serenatas e, em 2003, a doviolonista Toquinho. "Nosso sonho era lançar uma caixa comseleção da obra de Roberto Carlos, mas até agora ele não semanifestou", lamenta Laureano, fazendo a ressalva esperançosa:"Ainda não aceitou, mas também não disse não."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.