Selecionados suplentes do júri de Jackson

A seleção do júri do julgamento do astro pop Michael Jackson por pedofilia foi encerrada hoje, com a finalização da escolha dos oito suplentes. O juiz Rodney S. Melville marcou o início dos testemunhos para segunda-feira. Os suplentes serão convocados caso algum dos 12 jurados, cuja seleção terminou ontem, tiver algum problema e precise sair do caso. Com pessoas vindas do Condado de Santa Bárbara, onde Jackson mora, o júri principal é formado por quatro homens e oito mulheres, com idades variando de 20 a 79 anos. Entre eles, há vários fãs do cantor, quatro pais de filhos pequenos, uma mulher cujo neto foi condenado por agressão sexual e um homem, de 21 anos, que visitou o rancho de Jackson, Neverland, quando era criança. São essas pessoas que decidirão se o cantor abusou de um menino de 13 anos, que sofria de câncer, após embebedá-lo com vinho.O tribunal não divulgou a raça dos jurados e os advogados e jurados estão sob uma ordem de silêncio que os impede de falar sobre o caso. A raça seria um fator importante porque pesquisas de opinião mostram que os negros têm maior inclinação a acreditar na inocência de Jackson. Um homem negro está na lista dos candidatos a suplentes. O júri é formado basicamente por pessoas brancas e latinas. O quadro de suplentes inclui um negro.As estimativas iniciais previam que a seleção do júri durasse várias semanas, mas foi finalizada em seis dias úteis, descontando as duas semanas de recesso: uma após a morte da irmã do advogado de defesa de Jackson, Thomas Mesereau Jr., e a segunda devido à internação do cantor na semana passada por causa de um gripe.O cantor, de 46 anos, é acusado de abusar sexualmente de um menino de 13 anos, dar-lhe vinho e conspirar para manter ele e a família presos no rancho Neverland. Ele se declarou inocente de todas as acusações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.