Segundo CD da paulista Cibele chega ao Brasil

Vivendo em exílio voluntário em Londres desde 2002, a cantora paulista Cibelle vem conquistando seu nicho na Europa. De lá chega agora seu segundo álbum, The Shine of Dried Electric Leaves (Crammed/ST2). Cibelle é adepta da antropofagia tropicalista e combina em seu trabalho instrumentação acústica com manipulações eletrônicas, guitarras ruidosas, sons brinquedos, cadências bossa-jazzísticas. A propósito, há duas canções de Caetano Veloso no CD: Cajuína e London, London, esta em duo com o americano Devendra Banhart, fã caloroso do baiano. No mais, mescla Tom Jobim, Tom Waits e composições próprias, com parceiros como Benot Julliard, Spleen, Benge e Seu Jorge, além de Mike Lindsay e o criativo Apollo 9, que dividem a produção com ela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.