São Luís festeja seus 390 anos

O aniversário de 390 anos da capital maranhaense promete ser imperdível. O eclético Festival Internacional de Música de São Luís promete agradar quem visitar a cidade entre este sábado e o dia 15 de setembro. Nada menos que mil artistas nacionais e internacionais irão apresentar nos bairros de Anjo da Guarda, Vila Palmeira, Cohatrac, João Paulo, Cohab e Cidade Operária.Entre os destaques internacionais do festival estão a Orquestra Filarmônica da Romênia e o grupo afro-francês Habib Koité e Kordepan, formado por um italiano, dois búlgaros e um espanhol. Arthur Moreira Lima é o responsável pela direção artística do evento, além de se apresentar com os brasileiríssimos Hermeto Pascoal, Paulinho da Viola e os Demônios da Garoa, que já foi citado no Guiness Book pela carreira de quase seis décadas. Bailes serão realizados em praças públicas com grupos regionais. Praças, praias, teatros, bares e restaurantes se tornarão palco para shows e eventos gratuitos. A idéia é atrair o público para o Centro Histórico e apresentar todas as atrações turísticas que São Luís oferece.A prefeitura de São Luís investiu R$ 2,5 milhões e conta com o apoio da Varig e do Hotel Vila Rica. A realização é da organização não-governamental Laboratório Arte do Maranhão ? Laboarte.Música medieval - Com um repertório inusitado, o grupo Lucidarium, formado por músicos europeus, especializou-se em músicas renascentistas e medievais pouco conhecidas. O grupo contrata especialistas em música antiga, dependendo de sua apresentação. Os três primeiros CDs do Lucidarium - Lo Mio Servente Core: Music at the Time of Dante Alighieri, En Chantan M?Aven a Membrar: Troubadours Trouvères and Minnesänger from Rhône to Rhine e Le Droit Chemin: Popular Devotion at the Time of the Reformation - receberam diversos prêmios. Foram gravados pelo selo ?L?empreinte Digitale? e distribuídos pela ?Harmonia Mundi?.Com influências do jazz, blues e soul, Kenny Brown chega com sua típica miscelânea de gêneros musicais. Nascido em New Orleans, aos oito anos de idade começou a tocar baixo em uma igreja da cidade. O guitarrista e cantor vem com freqüência ao Brasil, sendo que a primeira vez aportou com seu padrinho musical, Gary Brown.Os sons populares estarão presentes com a participação de grupos folclóricos, como o Cirandas de Lia de Itamaracá, Tambor de Crioula de Mestre Felipe, Cacuriá de Dona Tietê e a banda de Pífanos de Caruaru ? considerada a banda instrumental mais tradicional do Brasil.Programação DIA 7 Abertura às 19h com a Orquestra Filarmônica da Romênia. DIA 8 Opus Cuatro, às 18h30 Alceu Valença, às 21h Josias Sobrinho, Rita Ribeiro e Tambor de M. Felipe, às 22h DIA 9 Banda de Pífanos de Caruaru, às 12h João Pedro Borges e Os Chorões, às 20h DIA 10 Roberto Ricci, Frederic Verité, às 12h César Nascimento, Nonato Buzar e João Bosco, às 19h Orquestra Filarmônica da Romênia, as 20h DIA 11 Ensemble Kordépan, às 18h30 Demônios da Garôa, às 22h DIA 12 Paulinho da Viola, às 19h DIA 13 Ed Motta, às 19h Arthur Moreira Lima, às 22h30 DIA 14 Tião Carvalho, Beto Pereira e Funk como Le Gusta, às 22h DIA 15 Hermeto Pascoal, às 20h Encerramento com Chico César, às 16h Confira no site oficial www.saoluisfestival.com.br a programação completa e os locais das apresentações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.