Alex Silva/Estadão
A dupla Sandy e Junior em pocket show realizado no Credicard Hall Alex Silva/Estadão

Sandy & Junior chegam a São Paulo para duas apresentações da turnê ‘Nossa História’ 

Shows acontecem na capital Paulista neste sábado, 24, e domingo, 25, com todas as entradas esgotadas

Eduardo Gayer, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2019 | 19h15

Quando Você Passa, As Quatro Estações, Eu Acho Que Pirei. Com tantos sucessos que marcaram uma geração, Sandy & Junior chegam a São Paulo neste final de semana para duas apresentações da turnê Nossa História, que marca os 30 anos do início da carreira da dupla. 

Sandy, com 36 anos e um filho de 5, e Junior Lima, aos 35 anos e um filho de quase 2 anos, vêm à capital paulista depois de passar por cidades como Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, onde se apresentaram para fãs animados em deixar a fase adulta um pouco de lado e relembrar hits que marcaram sua infância e adolescência. 

Para São Paulo, a promessa é a mesma: combinar ânimo com nostalgia, em uma superprodução digna de uma das duplas que marcaram a música pop nacional, entre as décadas de 1990 e 2000. 

Sem parcerias desde 2007, quando se dispuseram a seguir, separadamente, carreiras solos, Sandy & Junior surpreenderam ao propor a turnê de retorno, cujos ingressos se esgotaram minutos após serem postos à venda. As bilheterias físicas, por sua vez, assistiram a filas que viraram madrugadas, sem deixar nada a dever a vendas de ingressos de shows de popstars internacionais. 

Depois da capital paulista, os filhos de Xororó, da dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó, seguem para Curitiba, Manaus, Belém, Porto Alegre. Também vão ao exterior para shows em Nova York e Lisboa. Duas apresentações extras estão previstas para São Paulo, em 12 e 13 de outubro, com ingressos já esgotados. 

Engana-se quem espera uma viagem no tempo ou um retorno fiel aos tempos de sucesso de Sandy & Junior. A música Maria Chiquinha, que revelou os irmãos em 1989, pode até fazer parte do setlist deste final de semana, mas só se for em uma versão “atualizada”. 

O motivo? O teor machista da composição, que sugere feminicídio e estupro. “Então eu vou te cortar a cabeça. [...]O resto? Pode deixar que eu aproveito” são os últimos versos da canção, alterados pela dupla para os “novos tempos”. 

No show de Fortaleza, Junior foi claro: “O resto? Para com isso, isso aí não é mais aceitável, não são mais os anos 90. Não vou fazer nada com o resto, deixa em paz a Maria Chiquinha. A Maria Chiquinha faz o que ela quiser no mato. Não é muito melhor?”, disse, levando os fãs à loucura. 

História

Sandy, aos 6 anos, e Junior, aos 5, foram revelados em 1989, no palco do programa Som Brasil, da TV Globo, à época apresentado por Lima Duarte. A partir daí, vieram 17 álbuns, que renderam dois discos de diamante e milhões de cópias vendidas. 

Para além dos álbuns e dos DVDs, em um tempo em que não havia streaming, a dupla fez participações em filmes, O Noviço Rebelde (1997) e Aquaria (2003), e em uma novela, Estrelas-Guia (2001), da TV Globo. Também comandaram o programa Sandy & Junior Show (1997), na extinta TV Manchete, e ganharam um seriado próprio, Sandy & Junior (1999), com direito a quatro temporadas na Globo. Após 18 anos, anunciaram o fim da parceria em 2007.

Estado fará a cobertura completa do show de comemoração pelos 30 anos de carreira de Sandy & Junior em seu portal e no Instagram, no perfil @estadaocultura. 

SANDY & JUNIOR. Allianz Parque. Av. Francisco Matarazzo, 1.705. Sáb. (24) e dom. (25), 20h. Portões abrem às 16h. Ingressos esgotados. 

Tudo o que sabemos sobre:
Sandy e Juniormúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Sandy e Junior em SP: horário do show, como chegar e o que não levar

Cartazes e guarda-chuvas são itens proibidos; confira o horário de abertura dos portões

Eduardo Gayer, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2019 | 19h17
Atualizado 11 de setembro de 2019 | 16h51

A turnê Nossa História, que comemora os 30 anos de carreira da dupla Sandy & Junior, chega a São Paulo neste final de semana. Tanto no sábado (24), quanto no domingo (25), os shows começam às 20 horas, no Allianz Parque

Outras duas apresentações estão agendadas para 12 e 13 outubro. Os ingressos para todas elas já estão esgotados. 

Se você conseguiu garantir o seu ingresso, atente-se aos horários de abertura dos portões, como chegar e o que deixar em casa.

Confira as dicas elaboradas pelo Estado

Horário de abertura dos portões

  • Entrada do público que adquiriu o Pacote Diamante - 12h
  • Entrada do público que adquiriu o Pacote Gold - 14h
  • Horário do Soundcheck (exclusivo para o Pacote Diamante e Gold) - 15h30
  • Horário de abertura do portão para o público em geral - 16h

Portões de acesso: 

  • Portão A (Rua Palestra Itália): entrada permitida para cadeira inferior (“Turu Turu”), cadeira superior (“As quatro estações”) e pista (“Vamo Pulá”); 
  • Portão B (Avenida Francisco Matarazzo): entrada permitida para cadeira superior (“As quatro estações”) e pista premium (“Eu acho que pirei”); 
  • Portão C (Rua Padre Antônio Tomás): cadeira inferior (“Turu Turu”)
  • Portão C1 (Rua Padre Antônio Tomás): camarote (“Inesquecível”) e pacotes Vip Gold e Vip Diamante  (que precisam de ingressos Pista ou Pista Premium); 
  • Portão D (Rua Padre Antônio Tomás): cadeira inferior (“Turu Turu”)

Como chegar

O ideal é ir via transporte coletivo ou táxi/carro particular de aplicativos. No entanto, o Allianz Parque e suas redondezas contam com estacionamentos.

Indo de metrô: a estação mais próxima é a Palmeiras-Barra Funda (linha 3-vermelha), a apenas 800 metros do estádio. Atente-se: no sábado, o metrô fecha à 1h. No domingo, à meia-noite. Recomenda-se comprar o ingresso com antecedência, para evitar filas. 

Itens proibidos 

  • Guarda-chuvas;
  • Alimentos ou bebidas comprados fora do evento;
  • Medicamentos (quem precisar levá-los, deve apresentar receita médica em seu nome);
  • Bebidas alcoólicas;
  • Câmeras fotográficas ou filmadoras profissionais ou com lente destacável;
  • Go-Pro;
  • Bastão para tirar foto (“pau de selfie”)
  • Cartazes de qualquer tipo;
  • Papel em rolo, jornais e revistas;
  • Bandeiras e faixas com mastro;
  • Mochilas ou bolsas maiores do que 20x30cm;
  • Correntes, cinturões e pingentes;
  • Roupas ou acessórios com partes pontiagudas que podem machucar;
  • Desodorante, cosmético ou perfume em recipientes com volume superior a 90 ml;
  • Lasers, walkie-talkies e drones
  • Utensílios de armazenagem;
  • Cadeiras ou bancos;
  • Buzinas de ar.

O Estado fará a cobertura completa do primeiro show da dupla Sandy & Junior em São Paulo no portal e também no Instagram, no perfil @estadaocultura.   

Tudo o que sabemos sobre:
Sandy e Juniormúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Sandy & Junior de volta a SP: veja que músicas podem tocar

Dupla faz primeira apresentação da turnê 'Nossa História' na capital paulista neste sábado; saiba o provável setlist

Eduardo Gayer, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2019 | 07h00

Com sucessos como Quando Você Passa, Vamo Pulá! e As Quatro Estações, Sandy e Junior chegam a São Paulo neste fim de semana para dois shows da turnê Nossa História, que comemora os 30 anos do início carreira da dupla.

As apresentações acontecem no sábado, 24, e no domingo, 25, às 20 horas, no Allianz Parque - outras duas estão previstas para 12 e 13 de outubro, no mesmo local. Os ingressos para todas elas já estão esgotados. Se você conseguiu garantir a sua entrada, veja como chegar e o que é proibido levar, nesta matéria elaborada pelo Estado.

Abaixo, o provável setlist dos shows deste fim de semana, baseado nas últimas apresentações da turnê Nossa História

1. "Não dá pra não pensar"

 

2. "Nada vai me sufocar"

 

3. "No fundo do coração"

 

4. "Estranho jeito de amar"

 

5. "Olha o que o amor me faz"

 

6. "Nada é por acaso"

 

7. "Love never fails"

 

8. "As quatro estações"

 

9. "Aprender a amar"

 

10. "Imortal"

 

11. "Libertar"

 

12. "Eu acho que pirei"

 

13. "Beijo é bom / Etc... e tal / Vai ter que rebolar / Dig-dig-joy / Eu quero mais"

 

14. "Enrosca"

 

15. "A gente dá certo"

 

16. "Você pra sempre (Inveja)"

 

17. "Ilusão"

 

18. "Não ter"

 

19. "Era uma vez"

20. "Replay"

 

21. "Inesquecível"

 

22. "Super-herói"

 

23. "A lenda"

24. "Cai a chuva"

25. "Quando você passa (Turu turu)"

26. "Desperdiçou"

27. "Vamo pulá"

 

Tudo o que sabemos sobre:
Sandy e JuniorSandyJunior Limamúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Enquete: qual música não pode faltar no show de Sandy & Junior em São Paulo?

Setlist da turnê ‘Nossa História’ é recheada de hits, mas algumas músicas podem ficar de fora

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de agosto de 2019 | 12h00

Com seis shows realizados até o momento – em Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília e no Rio de Janeiro, que recebeu duas apresentações – a turnê Nossa História, da dupla Sandy & Junior, conta com um setlist recheado de hits. Embora bastante parecidos, os repertórios sofrem pequenas alterações. Há menos de um mês do show em São Paulo, que acontece no dia 24 de agosto, o Caderno 2 quer saber qual música não pode faltar no show. Relembre os maiores hits e vote na enquete abaixo.

Estranho Jeito de Amar

Lançada em 2006, a música foi composta por Tatiana Parra, Junior e Otávio de Moraes. Foi o segundo single do álbum Sandy & Junior, lançado no mesmo ano, e ganhou clipe inspirado no filme Tudo Sobre Minha Mãe, do cineasta espanhol Pedro Almodóvar

As Quatro Estações

Álbum clássico da dupla, que vinha com quatro capas, As Quatro Estações tem uma música homônima, lançada em 1996, que se tornou um dos maiores sucessos de Sandy & Junior. A composição é assinada por Sandy, Álvaro Socci e Cláudio Matta. 

Imortal

Versão abrasileirada do single Immortality, composto pelos Bee Gees e interpretado por Celine Dion, Imortal foi lançada em 1999. O clipe melancólico, gravado na Estação Júlio Prestes e no Theatro São Pedro, em São Paulo, fez bastante sucesso na MTV.

Beijo É Bom

Parte do álbum Sonho Azul, de 1997, Beijo É Bom tem uma pegada mais adolescente. O single é considerado um dos marcos da guinada da dupla rumo ao pop. 

Enrosca

Regravação da música de Fábio Jr, Enrosca é cantada apenas por Júnior. O clipe apostou em um visual punk rock para a dupla. 

Era Uma Vez

A canção foi gravada como tema da novela homônima da Globo. A faixa conta com a participação especial de Toquinho. Em alguns dos shows feitos até agora, Era Uma Vez foi substituída por Vamos Construir. 

Quando Você Passa

Versão em português da música italiana Turu Turu, Quando Você Passa foi lançada pelos irmãos em 2001. Foi o terceiro single do álbum Sandy & Junior

A Lenda

Composta pelos membros da banda Roupa Nova (Kiko, Ricardo Feghali e Nando), A Lenda foi gravada pela dupla como parte do álbum Quatro Estações: O Show (2000). 

Vamo Pulá!

Outra canção do álbum As Quatro Estações, Vamo Pulá! tem Júnior no vocal principal. A música tem sido escolhida pela dupla para fechar os shows da turnê Nossa História

Vote

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Sandy e Junior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.