Sambódromo vira templo do pop rock

Depois de receber as cuícas e tamborins em março e as batidas eletrônicas em abril, o Complexo do Anhembi se transformará agora no grande templo do pop rock nacional. Hoje e amanhã, o sambódromo abrigará o Sampa Festival - evento que reúne algumas das bandas de maior destaque do cenário pop nacional. Hoje, o palco principal terá Charlie Brown Jr., Skank, Capital Inicial e Paralamas do Sucesso e, amanhã, será a vez dos shows de Kid Abelha, Jota Quest, O Rappa e CPM 22.Além das atrações principais, o festival oferece também uma tenda eletrônica e uma área para prática de esportes radicais. Os DJs Anderson Noise e Patife vão esquentar os toca-discos hoje, enquanto Renato Cohen e Xerxes cuidarão da discotecagem amanhã - que vai ter som na caixa das 19h até as 5h do dia seguinte. O espaço terá ainda, nas duas noites, shows de Luciana Mello e Cláudio Zoli.Toda infra-estrutura ocupará uma área total de 35 mil metros quadrados - que abrigará também uma praça de alimentação, um camarote VIP para mil pessoas e um espaço reservado para o lounge (coordenado pelos profissionais do Mercado Mundo Mix), com massagem e música ambiente para descansar entre um show e outro.Idealizado pela Fábrica WA e patrocinado pelas empresas de telefonia celular Tim e Siemens Mobile, o evento, segundo expectativa dos organizadores, deve receber cerca de 20 mil pessoas por noite. A julgar pela popularidade das bandas escolhidas para o festival, as previsões devem se concretizar.Sampa Festival, hoje e amanhã, das 19h às 5h, no Complexo do Anhembi (R. Olavo Fontoura, 1209. Tel. 3253-7477). Abertura dos portões: 17h. R$ 40.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.