Sambódromo recebe festival de reggae

Sambódromo? Não amanhã, quando camisetas e gorros de crochê com as cores da bandeira da Jamaica substituem as fantasias, cabelos rastafari tomam o lugar dos adereços e o samba dá espaço ao reggae. A partir das 17 h, o 1.º Festival Nacional de Reggae - Tributo a Bob Marley reúne dez grupos de todo o Brasil como Tribo de Jah, Maskavo e Natiruts e espera levar um público de 40 mil pessoas ao Anhembi.O festival será transmitido ao vivo pela Internet, no site www.cidadeinternet.com.br e a MTV vai exibir flashes ao vivo dos shows durante sua programação. As apresentações também irão se transformar em um CD a ser lançado este ano pela Indie Records. Além de homenagear o maior nome do reggae mundial, o jamaicano Bob Marley (1945-1981) - no último dia 11 completaram-se 20 anos de sua morte - , o evento pretende unir grupos consagrados do gênero com bandas ainda em ascensão.A idéia do produtor Ronaldo Deja é realizar um festival por ano, alternando atrações nacionais e estrangeiras. Este ano são os brasileiros que terão à disposição dois palcos, apelidados de Bob e Marley. O público terá dois telões eletrônicos, praça de alimentação e até apresentação de DJs. O produtor também tranqüiliza as mais de 30 mil pessoas que compraram ingressos e temem um apagão durante o show. "Usaremos sete geradores próprios", assegura.Leia mais1º Festival de Reggae Nacional - Tributo Bob Marley - Estacionamento do Anhembi. Av. Olavo Fontoura, 1.209, tel.: 0800 77 20 711. Ingressos: R$ 20 (antecipado) e R$ 30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.