Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Sala São Paulo está entre as 10 melhores do mundo, aponta jornal inglês

Espaço foi o único da América Latina que apareceu na lista

O Estado de S. Paulo

05 Março 2015 | 15h06

A Sala São Paulo foi escolhida como um dos melhores espaços para concertos do mundo, de acordo com o jornal inglês The Guardian. O lugar foi o único da América Latina a entrar na lista feita pelo inglês Trevor Cox, respeitado especialista em acústica.

Além da Sala São Paulo, outros espaço renomados entraram no ranking, como o Culture and Congress Centre Concert Hall, em Lucerna (Suíça), o Bridgewater Hall, em Manchester (Inglaterra), o Grosser Musikvereinssaal, em Viena (Áustria), o Berlin Philharmonie (Alemanha), Christchurch Town Hall Auditorium (Nova Zelândia), o Philharmonie de Paris, (França), The Sibelius Hall, em Lahti (Finlândia) e Tokyo Opera City Concert Hall (Japão).

A Sala São Paulo foi inaugurada em 9 de julho de 1999 com a execução de Sinfonia Nº 2 (Ressureição), de Gustav Mahler, sob regência de John Neschling. Trevor Coxtam também chamou a atenção para o teto adaptável da sala, que muda de acordo com a música executada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.