Sai o disco com inéditas de Cássia Eller

Ao morrer repentinamente, às vésperas doúltimo réveillon, a cantora Cássia Eller estava em turnê com seudisco de maior sucesso (Acústico, que vendeu 600 mil cópias) esó tinha uma certeza quanto ao próximo: seria com o amigo ecompositor de alguns de seus hits, o ex-Titã Nando Reis. Não deu tempo, mas Cássia deixou algumas gravaçõescaseiras, interpretando vários autores, que poderiam entrar noseu próximo trabalho. No vácuo de sua ausência, Nando e oempresário de Cássia, Ronaldo Villas, chegaram à conclusão deque esse material merecia ser ouvido. Eles se uniram e lançamagora o CD 10 de Dezembro, data em que Cássia estariacompletando 40 anos, em 2002. O disco é complementado com sobrasde estúdio. "A seleção das faixas foi afetiva, documental eestética, pois não era fácil reunir o repertório por um sócritério", conta Nando, que conheceu Cássia no início dos anos90, quando lhe levou algumas músicas. Ela o tratou friamente (outimidamente, como corrige quem a conheceu de perto), gravou efez sucesso com algumas, mas os dois só ficaram amigos de fé,irmãos, camaradas, perto da Copa de 1998, quando começaram aconviver mais estreitamente. "Só posso garantir que não hánenhuma faixa que a Cássia não aprovaria. Este disco não traisua memória nem sua preocupação com a qualidade de seutrabalho." Talvez por isso as 11 faixas, quase todas inéditas navoz dela (com exceção de Eu Sou Neguinha e Só se For aDois), caibam em pouco mais de meia hora. Mas foi preservada avoz de Cássia e seu jeito rascante de cantar. A seleção começoucom Villas e os músicos de sua banda, que destacaram 20 músicas.Dessas, Nando pinçou as 11 que foram retrabalhadas peloengenheiro de som Dado Mello (o mesmo que fez milagres com odisco de Rafael Rabello tocando Capiba) e acrescidas dosacompanhamentos. O repertório também é a cara da cantora. Tem Beatles(Get Back e Julia), quatro de Nando Reis (pelo menosAll Star e Nenhum Roberto devem virar hits), Cazuza,Jimi Hendrix e Zé Ramalho (ótima versão de Vila do Sossego, dosanos 80). Villas adianta que há poucas sobras de estúdio alémdessas, mas Cássia ainda tem material inédito. Há um disco com oguitarrista Vitor Biglione ainda a ser lançado pela Universal e,de São Paulo, chega a notícia de que, em 2003, os compositoresHermelindo Neder e Luiz Pinheiro, que fizeram músicas para elano início da carreira, nos discos O Marginal e no que levouseu nome, pretendem relançar esse repertório em show e CD, com otítulo de Cássia Secreta em São Paulo. "Da nossa parte,vamos ver o que acontece com 10 de Dezembro para pensar nofuturo", avisa Nando Reis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.