Saem CDs de Ringo Starr e Bill Wyman

A idéia generalizada é que nenhum desses dois sujeitos, sozinho, teria sido grande coisa em sua juventude. Mas, perfilados em duas bandas de rock, Stones e Beatles, as maiores da história, eles entraram para a eternidade.Agora, estão de volta para mostrar que, sim, poderiam ter sido grande coisa. Com duas big bands de músicos fora de série, mantêm acesa a velha chama.Richard Starkey, ou Ringo Starr, o "homem mais sortudo do mundo", ex-baterista dos Beatles, lança uma compilação de três discos da banda estrelada com a qual anda pelo mundo desde 1989, a All Starr Band. Ringo Starr and his All Starr Band - The Anthology... so far (Warner Music), um CD triplo com o inventário dessa grande aventura pós-Beatles de Ringo, é prodigioso. Reúne desde a turnê com a primeira formação da All Starr Band, de julho a setembro de 1989, à derradeira, com a sexta formação, entre maio e junho de 2000.Já Bill Wyman, baixista, foi um dos notáveis dos Rolling Stones até 1993. Está lançando o segundo disco com sua banda estradeira, Rhythm Kings. O disco novo, Groovin (lançamento no Brasil da Sum Records), é um CD de blues, basicamente."Nos dois anos que se seguiram à minha partida dos Rolling Stones, em 1993, eu dificilmente tocava no meu baixo", conta ele. "Durante aquele tempo, eu fui um homem ocupado - casei com Suzanne Accosta e abri o restaurante Sticky Fingers", lembra Wyman. "Também achei tempo para trabalhar numa variedade de projetos, como livros, arqueologia e fotografia - coisas que quis fazer e não tinha tempo quando era um membro dos Stones."Quando voltou a fazer música, alguns anos depois, ele conta que estava sem intenções demasiado sérias. "Era só um jeito de tocar alguma música, mas eu sabia que queria fazer coisas diferentes, não estava interessado em música comercial e resolvi voltar às raízes da música mais tradicional."A opção pela simplicidade e pelo básico ajudou Ringo e Wyman. A banda de Wyman perpetrou um disco fascinante. A big band itinerante de Ringo Starr alterna bons e curiosos momentos e tem contado com nomes tão insuspeitos quanto Niels Lofgren (da mítica Crazy Horse de Neil Young) ou Rick Danko e Levon Helm (da lendária The Band) ou ainda John Entwistle (um dos fundadores do The Who), Peter Frampton e o jazzista Doctor John."Musicalmente, cada momento no palco tocando juntos foi memorável", contou Peter Frampton, que se juntou à trupe de aposentados ilustres de Starr entre abril de 1997 e o verão de 1998. "Aquelas lembranças estão indelevelmente marcadas na minha mente", disse o guitarrista inglês."Os Beatles me inspiraram a tornar-me um músico profissional e, por isso, ir para a estrada com Ringo foi uma honra única", disse o guitarrista Niels Lofgren.Hoje com 61 anos, Ringo nasceu em uma família problemática de classe média inglesa. Aos 21 anos, foi convidado pelo produtor George Martin para substituir o baterista Pete Best num grupo de rock iniciante chamado Beatles. Corria o ano de 1962 e o convite equivalia especificamente a entrar para o seleto clube da eternidade.Bill Wyman, nascido em 24 de outubro de 1936, uniu-se a um time de músicos de primeiríssima, no qual se destacam o grande Georgie Fame, Mick Taylor e Albert Lee. Ele procura o blues do Delta do Mississippi como fonte de inspiração, mas não é só reverente: injeta um pouco da fleuma e do filtro inglês na leitura da música roots americana, uma tradição que Clapton e os Rolling Stones começaram.Groovin é dos melhores discos da safra, com leituras energéticas e um time afiado de instrumentistas desfolhando clássicos como I Put a Spell on You e I Want To Be Evil.No layout da contracapa do disco de Wyman, há um velho rancho em ruínas se decompondo, a produção fotográfica é propositadamente puída e mal diagramada. Aos 65 anos, o baixista reencontra o sentido da vida numa requintada banda de beira de estrada.Ringo Starr and His All Starr Band. Lançamento Warner Music. R$ 35,50. Groovin´. Com Bill Wyman e The Rhythm Kings. Sum Records. Preço médio do CD: R$ 25,00

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.