Rosa Maria volta ao Brasil e lança "Classics"

Ela imortalizou canções como California Dreamin, Summertime, Let It Be e várias peças de Gershwin e canções de Tom Jobim, Ivan Lins, Ângela Rô Rô e Tim Maia e fez muito sucesso no Exterior, mas agora volta a se apresentar no Brasil. Ela é Rosa Maria, que voltou ao País para lançar seu mais recente trabalho o CD Classics, onde interpreta standards do jazz norte-americano.A cantora de timbre grave que segue o estilo blues-jazz já se apresentou em Los Angeles, Paris, Nova York, Veneza, Cidade do México e Colômbia e foi comparada a cantoras como Tina Turner e Chakha Khanconhecida. No mundo ficou conhecida como Rosa Maria Batista de Souza ou Rosa Marya Colin, mas nas terras tupiniquins sempre foi Rosa Maria.No começo dos anos 60, Rosa Marya Colin cantou pela primeira vez no programa de Rossini Pinto, na extinta Rádio Tupy. Foi um sucesso. Pouco tempo depois, André Midani e Roberto Menescal a convidaram para gravar seu primeiro disco pela gravadora Odeon. Começava então uma vitoriosa carreira que incluiu turnês por todo o país e apresentações no Exterior.Ao longo de sua carreira, Rosa lançou quatro CDs e participou de projetos especiais como O Submarino Verde e Amarelo 2, em homenagem aos Beatles e musicais como Cabaret Brasil, As Noviças Rebeldes e o histórico Hair.Mas foi em 1988, quando gravou California Dreamin para um comercial de televisão que Rosa Marya Colin estourou. O disco vendeu mais de 200 mil cópias. O show da cantora será no Garoa em São Paulo e o seu disco já está à venda nas lojas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.