Ronaldo patrocina novo disco de Carlinhos Vergueiro

No vestiário do campo em que o time de Chico Buarque acabara de jogar contra uma equipe de amigos, no Rio de Janeiro, começa um capítulo inédito na história de Ronaldinho e Carlinhos Vergueiro. O primeiro, pentacampeão mundial, teria a certeza de que gastaria dinheiro ali sem se arrepender. O segundo, compositor tão talentoso quanto injustiçado, teve a certeza ali de que teria dinheiro o bastante para fazer seu próprio álbum.Carlinhos Vergueiro comentava por acaso, depois do jogo, que o disco novo que fazia por conta e risco caminhava a passos de tartaruga. Rodrigo Paiva, assessor de Ronaldo e amigo de bola do músico, ouviu e se rendeu. "Vou falar com Ronaldo." Falou e conseguiu o patrocínio para toda a produção de Por Todos os Sonhos, álbum de acabamento fino e participações de Chico Buarque, Alceu Valença, Fagner e Toque de Prima. Na contracapa, os créditos aparecem em vermelho: "Produzido por Ronaldo Nazário e Rodrigo Paiva." A produção da dupla se restringiu ao gentil patrocínio e não fez interferências musicais, a não ser um único pedido de Ronaldinho. Fagner, velho amigo de seu pai, deveria cantar uma das músicas.A face oculta de Ronaldinho "Fenômeno" saiu do vestiário naquela tarde. Sempre manchete quando o assunto é futebol, sua vida de mecenas cultural não era sequer uma notinha de rodapé. O dinheiro de Ronaldo esteve por trás, dentre outras produções, do premiado documentário Os Carvoeiros, do musical infantil Alice no País das Maravilhas, com Luana Piovani, e da peça A Controvérsia, com Paulo José. Fala o novo mecenas: "O que eu quis foi dar oportunidade para alguém com tanto talento que não tinha espaço. Assim como há muitos jovens talentosos que não têm chance de jogar em um clube, sei que é muito difícil gravar um disco. Quero voltar a investir nisso." Seu próximo gol tem endereço: Cidade de Deus. Ronaldinho irá recuperar até julho o único teatro da favela carioca, abandonado há 20 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.