Rolling Stones surpreende Paris com show a 20 dólares

Os Rolling Stones farão na noite desta quinta-feira em Paris um show de aquecimento para algumas centenas de fãs, anunciado em cima da hora pelo Twitter, com ingressos vendidos em uma loja de discos do centro da capital francesa a 15 euros (19,45 dólares).

DOMINIQUE VIDALON E JOHNNY COTTON, Reuters

25 Outubro 2012 | 09h53

Fãs fizeram filas desde o começo da manhã em frente à Virgin Megastore da avenida Champs Elysees, depois de a banda britânica anunciar que haveria 350 ingressos disponíveis.

"Celulares, câmeras, equipamentos de vídeo e gravadores são estritamente proibidos", disseram os Stones pelo Twitter.

O show vai acontecer no Trabendo, casa com 700 lugares na zona norte da cidade.

Circulam nos meios musicais parisienses o rumor de que a cinquentenária banda de rock irá tocar também para banqueiros num evento da firma de investimentos local Carmignac Gestion, no Teatro Mogador, na segunda-feira. Lou Reed e Rod Stewart estiveram entre as atrações nos eventos do Carmignac em anos anteriores.

No convite para a festa de segunda-feira, o escritório de investimentos prometeu "o maior evento secreto do ano", sem identificar o artista convidado. A empresa não quis se pronunciar.

Semanas atrás, os Stones anunciaram a realização de quatro shows --dois em Londres, e dois nos arredores de Nova York-- para comemorar meio século de existência. Fãs britânicos se queixaram do preço dos ingressos, de 95 a 950 libras (150 a 1.500 dólares), e a imprensa do país informou que cambistas estão vendendo entradas por valores ainda maiores pela internet.

O vocalista Mick Jagger já deu a entender que os quatro shows de novembro e dezembro serão o prelúdio de uma turnê maior. A última turnê da banda, "A Bigger Bang", durou dois anos (2005-2007) e foi a segunda mais lucrativa da história, atrás apenas da "360 Tour", do U2.

Mais conteúdo sobre:
MUSICA STONES PARIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.