Rolling Stones frustram Hong Kong outra vez

Foram cancelados os dois que os Rolling Stones fariam em Hong Kong, nos dias 7 e 9 de novembro, como extensão do braço asiático da turnê 40 Licks. Banda e empresários comunicaram que não houve acordo para as apresentações, negociadas há meses. O presidente da câmara americana do comércio, James Thompson, culpou a "vaidade de alguns" pelo fracasso da transação.Hong Kong havia sido criticada por aceitar cobrir em até US$ 10,2 milhões eventuais perdas da banda. Fontes disseram que os Stones receberiam US$ 5 milhões pelos shows, mas Thompson se negou a confirmar a cifra, limitando-se a dizer que "havia muito dinheiro envolvido". Os shows integrariam um festival de música criado para celebrar e divulgar o fim da Sars - a pneumonia atípica - em Hong Kong. O surto já havia obrigado os Stones a suspender apresentações na província em março deste ano. Mesmo sem Mick Jagger e companhia, o festival segue com Santana, Prince e José Carreras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.