"Rolling Stone" anuncia baixa venda de discos

Que a indústria do disco vai mal, todo mundo já sabe. Tanto que há poucas semanas as grandes gravadoras anunciaram que vão começar a abrir processos judiciais contra internautas acostumados a baixar música de graça pela internet. Confirmando tudo isso, mas acrescentando dados concretos à discussão, a revista Rolling Stone anunciou em seu site os péssimos números de venda de disco nos Estados Unidos. As vendas de CD no primeiro semestre nos EUA caíram 8% em relação ao mesmo período do ano passado. Três dos dez discos mais vendidos no país foram lançados em 2002. E apenas três artistas ? o rapper 50 Cent, a cantora Norah Jones e o grupo Linkin Park ? venderam mais do que 2 milhões de cópias, número considerado razoável para o mercado americano. Os reflexos do mau desempenho nas lojas já é sentido na forma de perda de empregos. Cerca de 1.300 pessoas foram demitidas em vários setores da indústria do disco, e mais de 600 lojas de CDs foram fechadas nos Estados Unidos. Isso nestes primeiros seis meses de 2003. BMG e Sony respondem pela quase totalidade deste número: demitiram 300 e mil funcionários, respectivamente. A reclamação dos donos de lojas de disco é contra as gravadoras. Eles dizem que existe muito esforço para combater o download gratuito de músicas, mas nenhuma força para baixar o preço do CD. O presidente da Coalizão das Lojas de Música Independentes, Don Van Cleave, disse à Rolling Stone: ?Temos uma economia ruim e ainda estamos tentando vender CDs a US$ 18,98 (R$ 54,70). A percepção das pessoas sobre o valor da música está bagunçada?. A solução arranjada por algumas lojas nos EUA tem sido vender brinquedos, livros e outros produtos, além de discos.Uma tábua de salvação para as gravadoras parece ser o serviço de venda de músicas pela internet a baixos preços. O iTunes, que só atende quem usa computadores Macintosh, foi lançado em abril vendendo download de canções ao preço de US$ 0,99 cada. Em pouco menos de quatro meses, o iTunes vendeu 5 milhões de faixas. O número pode crescer, já que os usuários de Macintosh representam 4% da comunidade virtual. Segundo a Rolling Stone, outras lojas virtuais, como a Amazon.com, planejam começar a vender o download avulso de canções a baixos preços.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.