Wilton Junior/ Estadão
Wilton Junior/ Estadão

Rock in Rio: Tyler Bryant & The Shakedown anima público que espera por Alice Cooper e Aerosmith

Em sua primeira passagem pelo Brasil, banda se mostra coesa e homenageia Muddy Waters

Renato Vieira, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2017 | 17h53

RIO - O público que estava no gargarejo do Palco Sunset do Rock in Rio neste fim de tarde não escondia que estava guardando lugar para o show de Alice Cooper e Arthur Brown. "Quem vai tocar agora é um tal de Tyler não sei o quê", disse um fã de Cooper. A missão que o grupo Tyler Bryant & The Shakedown tinha era a de manter diante de si uma plateia dispersa ansiosa por uma grande atração.

Quando Tyler Bryant entrou no palco,  a mágica se vez. Escalado para substituir o The Pretty Reckless, ele e os músicos Noah Denney  (baixo), Graham Whitford (guitarra) e Caleb Crosley  (bateria) fizeram um show enérgico,  que bem caberia no Palco Mundo, e conquistaram a plateia. 

Oriunda de Nashville, a banda explora um hard  rock com toques de blues que, por vezes, se assemelha ao Aerosmith (outra atração de hoje) dos anos 1970.  Não é coincidência. Graham e filho de Brad Whitford,  guitarrista da banda.

Aberto com Weak & Weepin', o show mostrou uma banda entrosada e disposta a agradar os brasileiros, nesta primeira passagem pelo País. Até  mesmo a melodia do clássico grito de guerra 'olê olê olá' virou riff de guitarra. O público parecia não conhecer o trabalho do grupo, mas embarcou na animação do frontman.

O rock de Bryant se mostra coeso e firme em canções como Downtown Tonight e Last One Leaving. Não há nenhuma reinvenção de roda, é apenas puro e bom rock'n roll. Ainda houve uma homenagem a Muddy Waters, com a lembrança de Got My Mojo Working. E, na mesma noite de shows de Aerosmith e Alice Cooper, funciona perfeitamente.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Rock in RioAlice CooperAerosmith

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.