Rock in Rio, para quem não vai lá

Única emissora da TV aberta que detém os direitos das imagens do Rock in Rio, a Globo pretende fazer uma megacobertura do evento. Todos os seus telejornais darão espaço ao festival, que se realiza no Rio do dia 12 a 21 de janeiro. Antes disso, a partir do dia 8 de janeiro, a emissora começará a colocar no ar uma série de flashes durante sua programação diária, mostrando desde a finalização da montagem do palco até imagens da última banda a se apresentar na Cidade do Rock, em Jacarepaguá. Um programa especial de 40 minutos, dividido em três blocos, mostrará ao vivo os melhores momentos e reportagens especiais do festival. O âncora ainda não foi definido. O apresentador Zeca Camargo, de No Limite, é o encarregado de fazer um perfil da principal atração de cada noite de espetáculo e uma reportagem especial com seu fã-clube. Além do estúdio de vidro montado pela emissora na Cidade do Rock, a equipe de jornalismo da Globo estará espalhada entre o público e os camarotes vips. Mas a cobertura não se restringirá à Cidade do Rock. A emissora pretende fazer entrevistas exclusivas com algumas das atrações, tendo como cenário pontos turísticos do Rio de Janeiro. Os horários dos especiais já estão definidos. Nos dias 12, 18 e 19, o programa começa depois do Jornal da Globo. Nos dias 13 e 20, depois do Super Cine. E nos dias 14 e 21, após o Fantástico. Entre as atrações internacionais do evento estão Sting, R.E.M., Foo Fighters, Oasis, Britney Spears, N´Sync, Neil Young e Red Hot Chili Peppers. Entre as nacionais, apresentam-se em Jacarepaguá Sandy e Jr., Milton Nascimento, Elba Ramalho, Pato Fu e outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.