Rock in Rio Madri começa com Alanis Morissette e forte calor

Variedade de estilos musicais oferecida no primeiro dia de evento levou à Cidade do Rock um público variado

Efe,

27 de junho de 2008 | 19h01

O Festival Rock in Rio Madri começou nesta sexta-feira, 27, em meio a um forte calor e com shows dos canadenses Neil Young e Alanis Morissette.   Veja também:  Teste seus conhecimentos sobre o festival    Alanis Morissette no Rock in Rio Madri. Foto: Efe   A sétima edição do festival, que vai durar cinco dias, foi iniciado nesta sexta na chamada Cidade do Rock, um espaço de aproximadamente 200 mil metros quadrados construído em Arganda del Rey, a cerca de 30 quilômetros de Madri.   Essa é a primeira edição do Rock in Rio que acontece fora de um país de língua portuguesa, já que as anteriores haviam ocorrido ou no Brasil ou em Portugal.   A variedade de estilos musicais oferecida no primeiro dia levou à Cidade do Rock um público variado, majoritariamente jovem, mas também com alguns mais velhos que foram para acompanhar o Neil Young.   A primeira a subir ao palco foi Alanis Morissette, que cantou durante uma hora sucessos como You Oughta Know e Thank You, que demonstraram que a acústica do lugar é boa.   Após Alanis cantou Jack Johnson, um dos músicos cultuados pelos jovens e definido por muitos como o beach boy do século XXI. Diante de projeções de ilhas e praias, o autor de Brushfire Fairytales, o álbum que levou Jack Johnson a fama em 2001, mostrou seu repertório mais sincero, sem fugir dos acordes mais leves e suaves característicos ao seu estilo.   Jack Johnson durante sua apresentação no evento. Foto: AP   Enquanto Alanis cantava em um dos palcos, diversos Djs começaram a mostrar seus trabalhos em outro dedicado à música eletrônica.   Anunciado como algo mais que um festival musical, o Rock in Rio programou outro tipo de atrações, com o objetivo de atrair não só jovens, mas também as famílias.   Por essa razão, a organização do evento montou uma roda-gigante, um ringue de patinação e um sistema de cordas suspensas no ar para que penduradas as pessoas possam atravessar um longo trajeto no ar.   Neil Young no Rock In Rio Madri. Foto: Efe   Outro aparato montado foi um que jogava neve artificial em um espaço, o que chamou a atenção em meio ao notável calor em Madri. Os presentes tinham que se refugiar em guarda-sóis em forma de cogumelos gigantes.   Os muitos bares da Cidade do Rock ficaram cheios, apesar da única bebida alcoólica vendida ser a cerveja em uma medida que, segundo a organização, é para evitar possíveis incidentes. Além da música, começou nesta sexta os desfiles de moda, onde foi possível ver a modelo argentina Martina Klein.   Os que foram ao Rock in Rio Madri puderam ouvir uma música ambiente enquanto percorriam os dezenas de stands que diferentes empresas instalaram em Arganda del Rey. Entre eles um de uma empresa que distribuía alguns preservativos de graça e que era um dos mais visitados, assim como a piscina de bolas e o salão de maquiagem.   Os espectadores que estavam desde o princípio no evento assistiram à cerimônia de inauguração e agitaram lenços brancos em uma manifestação a favor de um mudo melhor e mais pacífico. Tudo isso ao som de Imagine, de John Lennon, interpretada por uma orquestra espanhola.  

Tudo o que sabemos sobre:
Rock in Rio MadriAlanis Morissette

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.