Rock in Rio-Lisboa na telinha

Na sexta-feira, dia 28, começa o Rock In Rio-Lisboa. E quem não comprou sua passagem para Portugal ou não conseguiu duas semanas de férias para acompanhar as cerca de 70 apresentações previstas, in loco, vai poder asssistir aos melhores momentos do evento pela televisão. A organização do festival espera que cerca de meio milhão de pessoas compareça ao parque Bela Vista, uma área de 20 mil metros quadrados nos arredores da capital portuguesa.A Rede Globo vai transmitir a partir de sábado, dia 29, em horário ainda a ser definido, compactos de até uma hora com os principais atrações. De acordo com a organização do festival, o acordo é que a emissora exiba três músicas de cada show. Já o canal da TV por assinatura Multishow vai exibir clipes diários no ´TVZ´. Outro programa, o ´Multishow em Revista´ terá especiais sobre os artistas nos dias que antecedem as apresentações. Não se sabe ainda se essa seleção será apenas das bandas que tocarão no Palco Mundo ou se incluirá também os participantes da Tenda Raízes, da Tenda Eletrônica e Tenda Um Mundo Melhor. Mas se apenas os shows do palco principal forem transmitidos, os telespectadores já estão no lucro. A primeira noite ficou todinha com o ex-Beatle Paul McCartney. Mas a sonzeira só começa depois dos três minutos de silêncio ´por um mundo melhor´, o momento de reflexão e meditação já tradicional em edições anteriores do festival, cuja última edição no Brasil aconteceu em janeiro de 2001. No dia seguinte, sábado, o ministro da cultura brasileiro, Gilberto Gil se apresenta antes da banda americana Jet. No domingo, os santistas do Charlie Brown Jr esquentam o palco para o Kings of Lion. Para encerrar a noite, o esperado show do Foo Fighters. A Cidade do Rock reabre apenas na sexta-feira seguinte, dia 4 de junho, com uma noite em que a cor preta deve predominar do palco e na platéia para os shos de Sepultura, Slipknot, Incubus e Metallica. No sábado, uma surpresa: Britney Spears e seu figurino ousadíssimo sobem ao palco às 21h20, na noite que se encerra com a baiana Daniela Mercury, às 00h50. Outra baiana, Ivete Sangalo, é a segunda atração do último dia do Rock in Rio-Lisboa às 19h30 que tem na programação o inglês Sting e, para encerrar, o grupo português Pedro Abrunhosa e os Bandemônio. Fora do palco principal os brasileiros também vão ter vez. Na tenda eletrônica tocam Felipe Venâncio, Anderson Noise e Patife . O site da organização do festival informa que além do Brasil, parte das 14 horas de música do Rock in Rio-Lisboa devem ser transmitidas a 750 milhões de pessoas em 70 países.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.